• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Novas buscas são feitas e criança continua desaparecida em Linhares

Polícia

Novas buscas são feitas e criança continua desaparecida em Linhares

O delegado responsável pelo caso afirmou que nenhuma hipótese é descartada. Se alguém tiver alguma informação pode entrar em contato pelo 181, 190 ou 3264-2537

A menina ainda não foi encontrada Foto: Divulgação/PC

A menina de três anos, que desapareceu após uma chacina, na zona rural de Linhares ainda não foi encontrada pela polícia. Na última quinta-feira (18), policiais fizeram buscas na região de João de Terra Alta, no interior do município, mas Mirela Telk continua desaparecida. 

Mirela não foi mais vista após a mãe, a lavradora Francieli Telek, o tio, Flávio Telek, de 22 anos, e o namorado de Francieli, identificado apenas como Léo, serem mortos e queimados na chácara onde moravam. A polícia suspeita que o crime tenha relação com o tráfico de drogas.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Fabrício Lucindo, nenhuma hipótese é descartada. Lucindo afirma que a polícia está fazendo o possível para encontrá-la e espera que a criança esteja com vida.

Se alguém tiver alguma informação sobre o paradeiro da criança pode denunciar nos telefones 181, 190 ou no telefone da Delegacia de Linhares: (27) 3264-2537.

O crime

A chacina aconteceu na região conhecida como São Cristovão, no interior de Linhares, no dia 11 deste mês. Três pessoas foram encontradas carbonizadas. Um dos corpos foi encontrado no quintal da residência, próximo a um fogão a lenha. Os outros dois estavam há cerca de um 1,5 km do local, numa plantação de eucalipto; em volta, havia vestígios de sangue. 

Segundo informações de parentes, moravam na chácara os irmãos Francieli Telek, de 20 anos, que estava grávida, e Flávio Telek, de 22 anos. O terceiro corpo seria do namorado da jovem, de nome Leo. A filha de Francieli, de três anos, está desaparecida.