Número de presidiárias no Espírito Santo cresce 20% em quatro anos

Polícia

Número de presidiárias no Espírito Santo cresce 20% em quatro anos

De 2010 a 2014, o número de detentas nas cinco unidades prisionais capixabas subiu de 870 para 1100. Somente nesta semana, mais 16 mulheres foram presas

Atualmente, mais de mil mulheres estão presas no Estado Foto: TV Vitória

Nos últimos quatro anos, a população carcerária feminina aumentou em 20% no Espírito Santo. Em 2010, os presídios capixabas abrigavam 870 detentas; este ano, o número de presidiárias subiu para 1100 e só esta semana, mais 16 mulheres foram parar atrás das grades.

Segundo informações da Secretaria de Justiça do ES, grande parte dessas mulheres é jovem – com idades entre 18 e 29 anos (57,85%). A maioria foi presa por envolvimento com o trafico de drogas, cerca de 70% delas.

Atualmente, existem cinco unidades prisionais para mulheres no Estado: em Cariacica, Viana, Colatina, Cachoeiro de Itapemirim e em São Mateus. Segundo o secretário de Justiça, Eugênio Ricas, os presídios estão prontos para absorver este aumento.

“Trabalhamos tanto na metodologia formal e ordinária, com a construção de unidades prisionais, quanto com a instituição de alternativas, como o uso das tornozeleiras eletrônicas, que serão utilizadas por 500 mulheres”, finalizou o secretário.