Homem que atirou em cavalo e gravou vídeo é do ES e está sendo procurado pela polícia de Ecoporanga

Polícia

Homem que atirou em cavalo e gravou vídeo é do ES e está sendo procurado pela polícia de Ecoporanga

Ao contrário de boatos que afirmam que o autor da violência é do estado de Sergipe e que estaria morto, a delegacia de Ecoporanga afirmou que o acusado é morador do município e já está sendo procurado

Cenas circulam nas redes sociais Foto: Divulgação

O vídeo de um homem atirando com uma espingarda em um cavalo circula nas redes sociais e tem causado revolta. Ao contrário de boatos que afirmam que o autor da violência é do estado de Sergipe e que estaria morto, a delegacia de Ecoporanga, Norte do Estado, confirma que ele é morador e proprietário de uma fazenda no município.

A polícia já identificou o criminoso e o amigo dele que teria gravado as cenas. Na manhã desta sexta-feira (14), policiais realizam buscas à procura do acusado.

O vídeo teve milhares de acessos. Nas imagens, um homem ameaça alguns contatos do WhatsApp e, em seguida, atira com uma espingarda na cabeça de um cavalo. Ele demonstra frieza ao executar gratuitamente o animal que cai no chão ao receber o tiro na cabeça. 

Segundo informações de moradores da cidade, a família do acusado estaria com medo e sofrendo represálias.

Veja o vídeo

Lei 
Os Maus Tratos contra Animais: Lei 9.605/98 x Novo Código Penal

Os Maus Tratos contra Animais são hoje disciplinados pela Lei 9.605/98, em seu artigo 32, que assim dispõe: "Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos: Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa. § 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos. § 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal."