Após dez anos preso, brasileiro será executado na Indonésia por tráfico de drogas

Polícia

Após dez anos preso, brasileiro será executado na Indonésia por tráfico de drogas

Cardoso foi condenado em 2004, quando tentou entrar no país com 13,4 kg de cocaína em tubos de uma asa-delta. O brasileiro também já foi informado sobre a sua execução

Marco está preso na Indonésia Foto: R7 / Rede Record

Após dez anos preso, o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, de 53 anos, será executado por fuzilamento, no próximo sábado (17), segundo informou o governo da Indonésia. Essa é a primeira vez que pena de more será aplicada a um brasileiro no exterior. 

Cardoso foi condenado em 2004, quando tentou entrar no país com 13,4 kg de cocaína em tubos de uma asa-delta. O brasileiro também já foi informado sobre a sua execução. 

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o brasileiro ficou assustado após saber da execução. Ele ficará isolado até o dia do fuzilamento, de acordo com o procedimento de preparação do país. Após a decisão do governo indonésio, uma tia do brasileiro antecipou a viagem para visitar Marco.

Além dele, outro brasileiro também poderá a ser executado na Indonésia. Rodrigo Muxfeldt Gularte, de 42 anos, teve seu pedido de clemência rejeitado pela Indonésia. O paranaense também foi preso por tráfico de drogas e aguarda no corredor da morte.