• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fotógrafa tem equipamento roubado durante formatura na Ufes

Polícia

Fotógrafa tem equipamento roubado durante formatura na Ufes

Segundo a vítima, dentro da mochila levada pelo suspeito estavam dois flashs, dois radiotransmissores, uma lente e baterias. Parte do material foi recuperado

A fotógrafa contou que chegou a incluir, por acaso, o suspeito em uma das fotos dos formandos Foto: TV Vitória

Um homem aproveitou a movimentação da colação de grau dos formandos em administração para agir no teatro da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Vitória. Ele é acusado de furtar o equipamento de uma fotógrafa. Segundo a vítima, dentro da mochila levada pelo suspeito estavam dois flashs, dois radiotransmissores, uma lente e baterias. 

“Quando fui me dar conta a mochila tinha sumido. Não só a minha mochila, como a bolsa da amiga de uma formanda. Nós começamos a procurar e foi aí que  que havíamos sido furtados”, contou a fotógrafa. 

A fotógrafa contou que chegou a incluir, por acaso, o suspeito em uma das fotos dos formandos. “Ele entrou sem a mochila e depois saiu com a minha. Tanto que, até nas fotos, a roupa é a mesma que aparece nas imagens das câmeras de segurança”, afirmou.

Dias depois ela soube que os equipamentos estavam à venda em um site, por R$ 1,5 mil. “A rede social também foi uma benção muito grande, pois eu consegui mais de 180 compartilhamentos. Todas as pessoas que já trabalharam comigo conheciam o meu material”, disse.

Orientados por um amigo policial, a fotógrafa e o marido combinaram de comprar o material anunciado. Eles se encontraram com dois homens e uma mulher, na Reta da Penha, em Vitória. O trio chegou a ser abordado, mas não foi levado à delegacia. “Eles não chegaram a ser detidos, pois não havia provas contra eles. O homem disse que comprou o material sem saber que era roubado”, relatou.

A fotógrafa conseguiu recuperar a maior parte do que havia sendo levado. “Eu me sinto aliviada, pois a gente trabalha tanto para adquirir nosso material e sai para trabalhar, deixa a família em casa e volta lesada”, destacou.