Dupla armada ameaça passageiros e faz arrastão dentro de ônibus em Cariacica

Polícia

Dupla armada ameaça passageiros e faz arrastão dentro de ônibus em Cariacica

O crime aconteceu por volta das 9 horas desta quinta-feira, quando o coletivo da linha 731 passava pelo bairro Maracanã. Após o assalto, os bandidos foram embora tranquilamente

Câmeras de segurança do ônibus registraram o assalto Foto: Reprodução

Dois bandidos fizeram um arrastão dentro de um ônibus do Sistema Transcol, na manhã desta quinta-feira (14), em Cariacica. O crime aconteceu por volta das 9 horas, quando o coletivo, que faz a linha 731 (Terminal de Campo Grande x Terminal Jardim América), passava pelo bairro Maracanã.

De acordo com a polícia, os dois suspeitos - um de camisa laranja e boné branco e o outro de camisa vermelha e boné escuro - embarcaram no ônibus na Avenida Expedito Garcia, em Campo Grande. Em seguida, eles pularam a roleta e foram para trás do coletivo, como se fossem passageiros.

Ainda segundo a polícia, ao chegar na altura do bairro Maracanã, a dupla anunciou o assalto. Um dos suspeitos estava armado. Passageiros disseram que os criminosos mandaram o motorista diminuir a velocidade, ameaçando atirar.

"Ele apontou a arma para todo mundo. Teve uma passageia que entrou em estado de choque. Ele botou a arma na cintura dela e ela ficou nervosa, chorando e tremendo. Aí ele segurou o celular dela e ela não queria dar, mas é porque estava em estado de choque. Ele falou que ia atirar e o outro falava 'não atira não, que é pior'. Foi um tumulto", contou o motorista do ônibus, que não quis se identificar.

Segundo a polícia, um dos assaltantes rendeu um passageiro e colocou a arma na cabeça dele, enquanto o outro recolhia os pertences de quem estava dentro do coletivo. Segundo testemunhas, aproximadamente 15 pessoas estavam no ônibus e todas foram rendidas. 

Após o roubo, os bandidos fugiram, levando também R$ 100 do caixa e o celular do cobrador. "Eles mandaram eu parar o carro e eu parei no ponto em frente ao Ok. Aí eles desceram e foram caminhando normalmente, como se nada tivesse acontecido", disse o motorista.

A vítima, de 42 anos, conta que trabalha há 13 no Sistema Transcol e que essa foi a primeira vez que ele foi assaltado. Segundo o motorista, a experiência será inesquecível. "Até o final da jornada a perna tremeu muito, mas deu pra levar. Por incrível que pareça, eu não rodo na linha, fico na reserva de garagem. Mas o motorista da linha faltou hoje e eu tive a 'sorte' de presenciar esse fato", lamentou.

O crime foi registrado pelas câmeras de videomonitoramento do veículo. A Polícia Civil já está com as imagens e investiga o caso. Até o momento, nenhum suspeito foi localizado.

A Granvitur, empresa responsável pela linha 731, informou que registrou um boletim de ocorrência sobre o episódio e está à disposição da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) para colaborar com as investigações.

Outro assalto

Policiais foram acionados para atender uma possível tentativa de assalto na Avenida Expedito Garcia Foto: TV Vitória

Durante a tarde, a população levou mais um susto no local onde a dupla de assaltantes entrou no ônibus. Segundo testemunhas, bandidos armados teriam tentado assaltar estabelecimentos da região e fugiram em seguida.

Em poucos minutos, vários policiais militares se aglomeraram na Avenida Expedito Garcia. "Houve um chamado do Ciodes dizendo que tinham uns elementos armados querendo roubar lojas e alguns comércios daqui", contou o cabo Carvalho, da PM.

Moradores e comerciantes disseram que os suspeitos foram para o telhado de um prédio. Até o momento ninguém foi localizado. "Quando for passar uma informação para o Ciodes, que passe a informação de vestuário, de cor de pele. Porque, do jeito que a gente está, é procurar agulha num palheiro", alertou o cabo.