Polícia prende três suspeitos de envolvimento em arrastão que deixou adolescente morta no Rio

Polícia

Polícia prende três suspeitos de envolvimento em arrastão que deixou adolescente morta no Rio

Oito criminosos participaram do arrastão no viaduto de Del Castilho, no acesso 4 da linha Amarela. A jovem, que estava no banco do carona, foi atingida na cabeça

O corpo da jovem foi velado no Rio de Janeiro Foto: Reprodução Facebook

A Polícia Civil informou que foram detidos, neste domingo (8), três suspeitos de participação no arrastão que terminou com a morte da jovem Ana Beatriz Frade. Eles foram levados para a Delegacia de Inhaúma (44ª DP).

De acordo com a polícia, após um trabalho de inteligência, os agentes prenderam Douglas Paiva Santos Ventura da Silva, de 18 anos, e apreenderam dois menores de 17 anos na comunidade Fernão Cardim, em Pilares, zona norte do Rio.

Os investigadores ainda apuram o envolvimento dos três suspeitos na morte da jovem. Mas, segundo a polícia, eles vão responder pelo crime de associação criminosa.

De acordo com testemunhas, oito criminosos participaram do arrastão no viaduto de Del Castilho, no acesso 4 da linha Amarela, no sábado (7). Os suspeitos atiraram depois que o padrasto de Ana Beatriz tentou fugir do assalto. A jovem, que estava no banco do carona, foi atingida na cabeça. 

O padrasto da menina ainda dirigiu por mais 500 metros para tentar buscar ajuda, mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

A família seguia em direção ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, onde a jovem buscaria a mãe. Um bebê de dois anos - irmão da menina - também estava no veículo e nada sofreu.

No arrastão, o veículo de uma policial militar foi roubado. Ela abandonou o carro, a arma e farda antes dos ladrões chegarem.

Surpresa para mãe

Ana Beatriz estava na cidade para fazer uma surpresa. A adolescente buscaria a mãe no aeroporto para que elas passassem juntas o Dia das Mães.

Segundo amigos da família, a adolescente morava no Espírito Santo com avós. Uma professora contou que a menina se preparava para o vestibular e sonhava cursar medicina.

Enterro 

O clima era de comoção no velório de Ana Beatriz Frade em Petrópolis, na Região Serrana, neste domingo. Parentes e amigos tentavam confortar a mãe da menina que estava inconsolável. O enterro será no Cemitério Municipal de Petrópolis, às 14h.

As informações são do R7.