Policial é baleado na cabeça ao voltar da faculdade em Vila Velha

Polícia

Policial é baleado na cabeça ao voltar da faculdade em Vila Velha

O soldado estava voltando da faculdade de moto e uma amiga estava atrás em um carro. Welton Junior foi surpreendido por quatro suspeitos em duas motos no bairro Vale Encantado

Welton Junior, de 29 anos foi encaminhado ao Hospital São Lucas Foto: Reprodução Facebook

Um policial militar foi baleado na cabeça durante uma tentativa de assalto em Vila Velha. O soldado, que estava à paisana, voltava da faculdade quando teria reagido a abordagem de criminosos. 

A vítima identificada como Welton Junior, de 29 anos foi encaminhado ao Hospital São Lucas. O sargento que fez o resgate, de início levou o PM para o Hospital Evangélico que era o mais próximo. 

O soldado foi surpreendido por quatro suspeitos em duas motos no bairro Vale Encantado. Houve troca de tiros e ele acabou sendo atingido por um dos disparos. A amiga do militar o socorreu até encontrar uma viatura da PM, que fez o resgate.

A moto do soldado foi recuperada em seguida, um dos suspeitos da abordagem e que acabou se ferindo durante a troca de tiros foi encontrado e encaminhado para o Hospital Bezerra de Faria, em Vila Velha.

Um dos suspeitos prestou depoimento na Delegacia Regional de Vila Velha na manhã desta terça-feira (6). Oto Gomes de Oliveira Soares, de 18 anos, foi detido logo após o crime na noite da última segunda-feira (5), além do suspeito que está no hospital e já está detido, Oto foi encontrado em casa. O suspeito disse que não participou do assalto. Segundo Oto, ele estava na casa de um primo fazendo janta, quando dois outros amigos o chamaram para sair. Já em Vila Velha, os dois amigos teriam ido na frente e Oto e o primo os seguiram em outra moto. O jovem contou que quando se aproximou viu os amigos cometendo o assalto e logo fugiram. Oto disse que foi abordado por policias quando seguia para casa. Ele foi revistado e em seguida liberado. Quando chegou em casa, outros policiais militares já estavam o aguardando para detê-lo para que fosse ouvido pelo delegado.