Em entrevista exclusiva, comandante da PM manda recado para a população capixaba: "Desculpa..."

Polícia

Em entrevista exclusiva, comandante da PM manda recado para a população capixaba: "Desculpa..."

O coronel respondeu a pergunta feita pela repórter da TV Vitória/Record TV e o recado enviado para os capixabas foi apenas um pedido de desculpas

O coronel disse que tomou as devidas ações dentro do tempo Foto: Divulgação/Governo

“Desculpa”, esse é o recado que o comandante geral da Polícia Militar, coronel Nylton Rodrigues, mandou para a sociedade capixaba, após ser entrevistado pela repórter da TV Vitória/Record TV, Daniela Paixão.

Em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (10), ele afirmou que se sente desrespeitado pelos militares.

“Claro que me sinto desrespeitado! Existe uma ordem. Todos os comandantes dos batalhões, das companhias, pelotões, todo nós estamos totalmente desrespeitados. A hierarquia e disciplina da Polícia Militar está destruída com esse movimento. Quando a gente fala em reestruturar é recuperar a hierarquia e disciplina”.

Sobre a demora em agir contra a manifestação, o coronel disse que tomou as devidas ações dentro do tempo.

“Não levou mais tempo. Segunda assumi meu serviço e meu primeiro ato foi: determinar que todos os policiais militares cumpram sua escala com chamada no local de serviço, justamente para evitar ir para o quartel. Aquele que não está cumprindo, está indo para quartel e aquartelando. Nós estamos tomando providência desde o início.

Sobre a punição, ele foi enfático: “Já são 703 policiais indiciados. A sociedade precisa de polícia na rua”.