Suspeito de estuprar e matar ex-namorada em Vila Velha vai a júri popular em julho

Polícia

Suspeito de estuprar e matar ex-namorada em Vila Velha vai a júri popular em julho

A jovem foi encontrada morta dentro da casa do suspeito. No dia do crime, ele ainda teria ligado para a família para dizer que mataria a vítima depois do abuso sexual

Tiago é o principal suspeito do crime Foto: Divulgação

Três anos após Gabriela de Oliveira Bomfim Sampaio, de 24 anos, ter sido estuprada e assassinada, o principal suspeito de cometer o crime vai a júri popular. O julgamento de Tiago Rosa do Sacramento está marcado para o mês de julho. O crime aconteceu em junho de 2014, no bairro Novo México, em Vila Velha.

De acordo com a avó da vítima, ela passa a maior parte do tempo na varanda lembrando da neta que criou como filha. “É como se ela fosse bater ali e me chamar. A gente sabe que ela não volta mais, por isso eu continuo de luto e vou continuar para sempre”, disse Maura Deo Liveira Bonfim.

Gabriela foi encontrada morta depois de ter sido degolada e atingida por cinco facadas. De acordo com informações da Polícia Militar, Tiago mantinha um relacionamento extraconjugal com a jovem. Segundo familiares, a relação do casal era conturbada. 

A jovem foi degolada após estupro Foto: TV Vitória

Segundo a polícia, o corpo da vítima foi encontrado na casa do suspeito. Antes do crime, a mãe de Gabriela recebeu um telefonema dele dizendo que, juntamente com um amigo, estaria estuprando a jovem e que depois iria matá-la. 

Após esses três anos, a família recebeu a informação do júri. “Estávamos esperando esse momento mesmo. Eu já estava sem paciência de esperar, mas fiquei muito nervosa porque não sei o que vai acontecer no dia comigo. Desde a hora que fiquei sabendo eu estou passando mal”, afirmou a avó.