Mistério envolve a morte de adolescente de 15 anos em Cariacica

Polícia

Mistério envolve a morte de adolescente de 15 anos em Cariacica

Diante da afirmação de familiares de que a menina teria uma grave doença, a polícia precisará fazer exames para saber quais foram as causas da morte

A adolescente morreu na noite da última terça-feira (27) Foto: ​Reprodução/Facebook

Mistérios rondam a morte da adolescente Jéssika Nielsen, de 15 anos, que morreu após uma discussão com o tio na noite da última terça-feira (27) em Cariacica. Segundo familiares maternos, a adolescente, que foi enterrada na manhã desta quinta-feira (29), tinha uma grave doença, o que pode ter causado a morte. Já para a família paterna da jovem, o tio, Jean Carlos, é o culpado. 

"A Jéssika não tinha doença nenhuma. Que doença, gente? Arritmia cardíaca não é doença. Eu tenho e estou viva, estou com 55 anos.  Eles tiraram ela do meu irmão, a coisa pior que eles fizeram foi tirar ela do meu irmão quando era nova e agora devolveram pra eles em uma pedra. Isso não é justo", desabafou a tia da menina.  

A adolescente, que havia completado 15 anos no último dia 5, morava no bairro Maracanã, em Cariacica, com os avós e o tio. De acordo com a apuração da polícia, Jean Carlos chegou em casa bêbado, na terça-feira à noite, xingou e bateu em Jessika. Ela foi socorrida por vizinhos, mas teve uma parada cardíaca e traumatismo craniano e não resistiu. Jean Carlos foi autuado em flagrante por injúria e ameaça, na Lei Maria da Penha. A polícia vai precisar fazer exames para saber se Jessika morreu por causa da doença ou por conta de agressões.

Na escola onde a jovem estudava há três anos, no bairro São Geraldo, alguns amigos da estudante não conseguiram assistir às aulas, na manhã desta quarta-feira, e foram dispensados. Um poema anônimo foi colado na parede da escola, como forma de homenagem à adolescente, que cursava o 8º ano, no período da manhã. E, pelas redes sociais, muitos amigos manifestaram tristeza pela morte da estudante.