O retorno da extinta CPMF: Até tu, Casagrande?

Passado o período das eleições, um imposto que estava morto pode ser ressuscitado muito em breve se depender da maioria dos governadores eleitos para o próximo mandato. Entre eles, o capixaba Renato Casagrande (PSB). Apesar de ser cauteloso ao defender a volta da CPMF, o socialista é um dos que querem o dinheiro da movimentação financeira dos brasileiros, mas afirma que é preciso, antes, fazer a reforma tributária. “Você onera de um lado e desonera de outro.” Vem polêmica pela frente!

Reeleição

A deputada federal Sueli Vidigal (PDT) disse, em entrevista ao jornal Folha Vitória, que foi muito perseguida durante a campanha eleitoral, mas que deu a volta por cima. Na entrevista, que será publicada nesta segunda-feira (8), ela revela ainda como será sua atuação na Câmara em seu segundo mandato.

Arrecadação

Dois capixabas estão no ranking dos senadores de todo o país que mais arrecadaram na sua campanha eleitoral. São eles o vice-governador do Estado, Ricardo Ferraço (PMDB), que obteve R$ 4,1 milhões, e o republicano Magno Malta, que conseguiu R$ 2,8 milhões para se reeleger. Juntos, todos os parlamentares arrecadaram R$ 221 milhões. Parece muito dinheiro, mas é…!

Desabafo

Não chamem mais para a mesma festa o deputado federal Capitão Assunção (PSB), derrotado nas urnas, e o ministro do STF, Gilmar Mendes. O socialista ficou indignado com a declaração de Mendes de que o Congresso teria ficado de cócoras no processo de aprovação do Ficha Limpa. “Por que não te calas?”, disparou ao ministro.

Dedo cruzado

Depois que a Justiça decidiu validar os votos do ex-deputado Marcelino Fraga (PMDB), enquadrado na Lei Ficha Limpa, o candidato derrotado Gilson Gomes (PSDC) também pode ter o mesmo destino. Quem deve estar de joelho no chão e torcendo para isso é a deputada estadual Aparecida Denadai (PDT), que não conseguiu se reeleger. Caso isso aconteça, ela consegue mais um mandato na Casa porque é a primeira suplente da sua coligação.

Prestígio

Mesmo derrotada nas urnas para o Senado, a deputada federal Rita Camata (PSDB) pelo visto mantém seu prestígio entre os jornalistas de Brasília. Ela foi indicada novamente para a lista dos melhores parlamentares do país. No seu twitter diz que não desanimou e agora vai lutar para manutenção de quórum para votar projetos importantes na Casa…

2 Respostas para “O retorno da extinta CPMF: Até tu, Casagrande?

  1. Se o povo fosse unido isso não aconteceria somos um bando de covardes, e só sairmos as ruas e promover um grande manifesto, se for o caso parar esse pais, ou eles param com a gente! ninguém aguenta mais tanto imposto pedágio etc. abraços ao leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *