PT capixaba sai mais uma vez derrotado na eleição do segundo turno

Nem mesmo o apoio do governador Paulo Hartung (PMDB), do prefeito de Vitória, João Coser (PT) e do governador eleito Renato Casagrande (PSB) foi capaz de eleger a ex-ministra Dilma Roussef (PT) para presidente no Espírito Santo. O massacre imposto pelo tucano José Serra (PSDB) foi evidenciado principalmente em redutos eleitorais petistas, como Colatina, Vitória e Cachoeiro de Itapemirim. A derrota de Dilma foi também registrada em Vila Velha, onde o PT tem fortes ambições nas eleições de 2012.

Explicação

Segundo o cientista político Fernando Pignaton, a vitória de Serra no Estado mostra que os capixabas não andam nada satisfeitos com a administração do Governo Federal. Essa insatisfação é motivada principalmente pela falta de recursos destinados aos capixabas para obras importantes como duplicação de BRs e ampliação do aeroporto de Vitória.

No sal

Se depender do bom humor dos capixabas, Casagrande vai ficar no sal com a eleição de Dilma. Na internet, disseram que ao abraçar o socialista a nova presidente teria dito em seu ouvido: “nem vem que eu perdi no Espírito Santo. Esquece os royalties”. É gente que perde o amigo, mas não perde a piada!

Comemoração

O vereador de Vitória Zezito Maio (PMDB), conhecido pelo jeito espirituoso, também não perdeu a chance de fazer graça com o resultado das urnas. Disse que o domingo foi o “DilmaDay”, dia da vitória. Já nesta terça-feira (2) será o “SerraDay”, Dia de Finados.

Vale tudo

O senador Magno Malta (PR) roubou a cena durante discurso da presidente eleita Dilma Roussef (PT). O republicano foi o principal papagaio de pirata e ficou atrás da petista durante todo seu pronunciamento. No Twitter, os internautas não perdoaram e dispararam várias críticas pela Internet.

Tropical

Com as altas temperaturas registradas durante as eleições no último domingo, teve mesário que aboliu a calça comprida e o tênis. Em uma seção eleitoral de Vila Velha, o cidadão foi trabalhar de bermuda e chinelo. Com o horário de verão dava para ele sair de lá e ir direto para a praia…!

9 Respostas para “PT capixaba sai mais uma vez derrotado na eleição do segundo turno

  1. José Serra ganhou aqui no ES por 0,7 pontos percentuais de diferença, portanto foi uma disputa apertadíssima. De onde o colunista tirou “O massacre imposto pelo tucano José Serra […]”?

  2. Com certeza o PT vai ter que repensar suas gestões, o tal ‘jeito petista de governar ” foi avaliado nesta eleição e o resultado ta aí. Mas podemos avaliar também em relação ao Brasil, são 8 anos de massacre ao PSDB com Lula e agora mais 4 com uma mulher. Aproveito pra cobrar do Estado as obras sociais prometidas, Dório Silva 4 anos de reforma, ponte que liga Santo Antonio a Porto Santana/Cariacica, os presídios, o Hospital São Lucas, são 8 anos de PH, hummmmmmmm a tá por isso também que Dilma foi “mal votada” né?

  3. essa análise do cientista político é precipatada e não corresponde a realidade. Temos que analisar esse resultado de muitos diversos prismas e não só a questão partidária. Além do mais a diferença foi muito pequena para se afirmar isso. Existiram diversos fatores que influenciaram esta eleição de presidente, não só aqui no ES mas em outros estados. Questõe sreligiosas, boatos e tantos outros. Não sei de onde esses “cientiastas políticos” saem. Mas analisar o resultado apenas pela resposta do Gov. Federal no Estado é uma visão simplista. Se fosse assim a Dilma teria ganho de lavada, pois nunca um governo Federal voltou tanto os olhos para o ES como o Lula.

  4. Não vejo tão claramente este fator como apontado hoje na coluna. Acredito que o grande termômetro de avaliação é analisar a votação para deputado estadual. É nela que se encontram os candidatos apoiados diretamente pelos prefeitos e os mais próximos dos eleitores. Olhando este quesito, penso que sua análise fica toda comprometida.

    Em Cariacica, Lúcia Dornelas foi a mais votadal, Em Colatina, Genivaldo Liêvore (PT) foi o mais votado da cidade e ainda por cima com apoio do principal nome do PSDB da cidade (Serginho menegueli). Em Vitória, a maior votação de legenda e votos nominais foram para candidatos do PT, em Cachoeiro, as razões são outras, O Prefeito está tendo problemas de governabilidade com sua base que por sinal, depois do Ferraço, foi muito bem votada.

    e outra, 0,7% não é uma vitória massacrante…..
    vitória massacrante foi a de FHC em 1994 sobre Lula no ES.

    Você deve se lembrar, que historicamente, o PT, sempre teve dificuldades grandes no Espírito Santo. Nosso estado é um pouco conservador. O Anti-petismo não é uma novidade. Busque em seus arquivos as votações de Lula em 1990 e 1994. Em 1994 para você ter uma idéia, FHC teve o dobro de votos de Lula. O eleitor capixaba sempre teve resistência ao PT e isso não é de hoje.

    A velha questão é a do personalismo presente em nossas eleições. Se o presidente Lula fosse candidato mais uma vez, certamente não teria dificuldades em se eleger, e isso não tem nada a ver com ser anti-PT.

    Veja também que os eleitores brasileiros, (isso é constatado em vários estudos da academia), não tem um grau de sofisticação suficiente para entender e associar questões ideológicas nacionais com as questões locais. O que as pesquisas indicam é que geralmente a nível local votamos no mais próximo, independente de cor partidária, e a nível nacional, aquele que “vai salvar o país” sem fazer qualquer uma relação de governabilidade entre os dois atores.

  5. Quem é Dilma!? Os capixabas sabem muito bem, como este estado e excluido pelo PT do MAPA do BRASIL! Até no Horário eleitoral da Dilma, nas obras do emPAC só existiam no sudeste Minas, Rio e São Paulo.

    PT nunaca Mais!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Na propaganda política do emPAC da Dilma, o Espirito Santo nem foi mencionado na realizações de obras da região Sudeste! Agora vamos vê como é que fica, com DILULA. Como diz TIRIRICA, Pior que tá não fica! Estaremos abrindo olhos dos Capixabas, como aconteceu nesta eleições .

  7. É um pensamento muito simplista achar que a vitória do Serra no estado por uma diferença tão pequena se deve ao descontentamento dos capixabas com o governo Lula ou até como já ouvi, achar que seja a força dos evangélicos no Estado, errado. Esta foi um eleição que teve vários fatores que interferiram neste resultado, tantos boatos que foram espalhados e o povo capixaba numa grande maioria deu ouvidos a eles. Assim como também o fato de o ES ter uma representatividade muito pequena no cenário Nacional e quase não aparecer nas propagandas dos dois candidatos. Isto também são fatores que podem influenciar o resultado. Agora quanto ao fato disto influenciar o resultado de 2012 também é outra bobagem, porque cada eleição é uma história e em 2 anos muita coisa pode acontecer. Se o povo capixaba tivesse votado por questões de incentivo local teriam dado maior parte dos votos a candiata do PT, pois nos últimos 8 anos o estado cresceu muito mais do que em outros governos e o governo federal ajudou muito o ES.

  8. Que a derrota foi apertada, isso nós sabemos que foi, mas o PT precisa encarar que isso é reflexo de uma má administração por parte do partido, principalmente na capital. Vitória está em frangalhos…obras que demoram um século para ficarem prontas, causando estragos diversos, contratos abusivos como é o caso da manutenção dos jardins da capital, garis entrando em greve pq a administração não pagou as empreiteiras, obras como o Centro Poliesportivo de Goiabeiras que não saem do papel e passarela da Ponte da Passagem que nunca termina.

    Vitória é a capital do estado, é a vitrine do Estado. Muitas pessoas, ao votar, se espelham em nossa cidade e como a mesma está UM CAOS COMPLETO, o PT ainda acha que a derrota da Dilma não recai sobre a má administração do prefeito municipal? Fala sério…

    Acho que o PT Capixaba deve começar a pensar em NOVOS NOMES se quiser chegar em algum lugar em 2012, pois a eleição para as cadeiras da Assembléia Legislativa demonstrou que nomes antigos como o de João Coser, Alexandre Passos, Iriny (teve uma boa votação, mas pelo tempo que está na área era para ter rendimento melhor),Claudio Vereza (que teve uma queda abrupta de votos – foram 33.726 VOTOS EM 2006 PARA 22.353 EM 2010 – ou seja, uma queda de 11.373 votos) estão desgastados perante a população.

    Não gostaria que o PSDB voltasse a governar, acho o governo do PT mais participativo,no entanto, do jeito que tá, acho difícil o PT chegar a algum lugar….ou melhor,chegar as cadeiras do executivo dos municípios do Estado….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *