Capixabas acordam de ressaca e descobrem que estão no sal

A novela dos royalties do petróleo do pré-sal teve mais um capitulo nesta quinta-feira (2) e entrou na reta final. Mas graças a alguns personagens o desfecho, por enquanto, não teve final feliz para os capixabas. Os deputados aprovaram, na calada da madrugada, o projeto que divide igualmente os lucros dos royalties do petróleo. O futuro econômico do Estado agora está nas mãos do presidente Lula. A torcida agora é para que o até então mocinho, já que prometeu que vetaria a proposta, não vire o vilão desta triste história que vai causar prejuízo aos cofres do Espírito Santo. Oremos…!

Cadê o dinheiro?

A turma da banda Casaca está com o secretário de Cultura de Vitória, Alcione Pinheiro, atravessado na garganta. É que os músicos, que se apresentaram durante aniversário da Capital, em setembro, ainda não receberam o cachê prometido. A secretaria diz que deve e não nega, mas paga quando puder…

Acessibilidade

Pensando no verão e nesse calorão que está fazendo, os vereadores de Vila Velha aprovaram o projeto “Praia Para Todos”, que obriga o executivo a disponibilizar esteiras ou rampas na faixa de areia para que deficientes possam chegar até o mar. A proposta agora segue para o prefeito Neucimar Fraga (PR) decidir pela sanção ou não da matéria.

“Pressionado”

O novo secretário de Segurança Pública, indicado para assumir o posto no ano que vem, Henrique Herkenhoff, mostrou que é uma pessoa bem humorada. Questionado por jornalistas como se sentia sendo o secretário mais novo ele saiu com a seguinte pérola: tomo de três a quatro remédios para controlar a pressão.

Aniversário

O tucano Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB), boêmio por natureza, já planejou a festa de aniversário dos seus 54 anos de idade. O evento acontece no próximo dia 10, às 18h30, no clube Anchietinha, em Vitória. A banda Choro.Som será a responsável pela animação da festa que será agitada com muito samba e caldo de feijão.

Perdido

Desde a última quarta-feira (1), os servidores da Câmara de Vitória são obrigados a bater o ponto digital. Um funcionário, não se sabe de qual gabinete, chegou na Prefeitura de Vitória, que fica ao lado do prédio do Legislativo, perguntando onde ele tinha que registrar o ponto. Foi informado o local onde deveria se dirigir, colocou o dedo no equipamento e foi embora. Há testemunhas!

Um comentário em “Capixabas acordam de ressaca e descobrem que estão no sal”

  1. Estou preocupado !!!!
    Hoje queremos o “dinheiro” e “amanhã” ???
    Devemos procurar sempre uma forma de reaproveitarmos nossas energias, SEMPRE.
    Porque projetos que levam alternativas menos “poluentes” não são encaradas como fontes de pregresso.
    Hoje, deixamos para nossos filhos, as dúvidas de um amanhã !!!
    Acredito que a “EVOLUÇÃO” da espécie, deve e será sempre para o “BEM”
    QUE “DEUS” NOS SALVE DOS SERES INDIVIDUALISTAS E OPORTUNISTAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *