Cresce ‘exército’ da oposição contra Hartung

Se antes o governador Paulo Hartung (PMDB) tinha sua hegemonia política imbatível, agora um grupo de ‘rebelados’ tenta ganhar força no Espírito Santo. Iniciado pelo prefeito Luciano Rezende (PPS), a oposição começou a ganhar força com a chegada do ex-governador Renato Casagrande (PSB). Só que um terceiro elemento recentemente fisgado pode começar a incomodar o Palácio Anchieta. Trata-se do tucano Luiz Paulo Velloso Lucas (PSDB), que embora seu partido esteja com chapa disputando a prefeitura de Vitória, declarou de vez seu apoio à reeleição de Luciano. No final de semana, os três estiveram juntos e posaram para várias fotos durante a campanha pelas ruas. O ‘exército’ da oposição acabou alistando por tabela o ex-deputado José Esmeraldo (PMDB), até então um fiel escudeiro do Palácio, já que seu filho, Sérgio Sá, é vice de Luciano. O “quartel general”, onde aconteceu o encontro, inclusive, é o escritório de Esmeraldo. Outro soldado aliciado foi o deputado Sérgio Majeski (PSDB). Este, como se sabe, não tem poupado críticas ao Governo na Assembleia e também já declarou que está do lado dos opositores. A tropa só cresce e Hartung, que nunca soube o que é ter adversários, pode ter trabalho pela frente, principalmente nas eleições de 2018.

Ironia
A presença de Luiz Paulo na campanha de Luciano repercutiu na Assembleia. O deputado Enivaldo dos Anjos (PSD) não perdeu a oportunidade e ironizou a aliança do tucano com o prefeito. “Luiz Paulo tem bom coração. O tanto que o prefeito o atingiu e desqualificou e três anos e meio depois temos a oportunidade de assistir ele perdoando. Como o PSDB está se sentindo diante disso?”, provocou.

Jogo virado
Deninho Januário, liderança comunitária do bairro Goiabeiras, teria sido visto em uma caminhada do deputado Lelo Coimbra (PMDB), que também disputa a prefeitura de Vitória. Até aí nada demais, se ele também não tivesse aparecido com um dos adversários do peemedebista no fim de semana. Mas parece que foi só uma coincidência.

Contra-ataque
O deputado Lelo Coimbra tem apostado em tucanos de expressão nacional para minimizar a perda do apoio de Luiz Paulo. Em seu programa eleitoral na TV já exibiu depoimento do ministro José Serra e do deputado federal Jutahy Magalhães Júnior. Só que no Estado, Luiz Paulo ainda leva vantagem no quesito popularidade.

No exterior
O governador Paulo Hartung (PMDB) embarca para Singapura em missão oficial para divulgar as potencialidades do Estado. Ele segue acompanhado do secretário da Casa Civil, José Carlos da Fonseca Júnior. O objetivo da viagem é tentar atrair novos negócios para terras capixabas e gerar emprego e renda para o Espírito Santo. Durante sua ausência, que assume o Governo é o vice, César Colnago (PSDB).

Biometria palaciana
Embora faça questão de negar interferência no processo eleitoral, Hartung dá sinais que tem candidato em Cachoeiro de Itapemirim. Seu secretário de Agricultura, Octaciano Neto, foi escalado para o palanque no deputado Marcos Mansur (PSDB). Durante campanha, o deputado Max Filho (PSDB), que concorre para prefeito em Vila Velha, disse que ouviu do governador que Mansur seria o futuro prefeito de Cachoeiro.

É campanha ou não?
Na Serra, a presença da mulher do prefeito Audifax Barcelos (Rede) junto com a vice, Márcia Lamas, nas ruas durante o fim de semana virou alvo da oposição. Disseram que, ao contrário do que divulgavam, a campanha de Audifax estava a todo vapor, apesar da internação do prefeito. O deputado Bruno Lamas (PSB), no entanto, saiu em defesa e disse que tudo era intriga da oposição. A primeira-dama estava, na verdade, distribuindo a carta de agradecimento de Audifax à população.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog Esplanada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *