Manobra do governo deve derrubar CPI da Cesan antes mesmo de sua instalação

Preocupado com a repercussão da CPI da Cesan, instalada na Assembleia Legislativa, nessa terça-feira (04), o governador Paulo Hartung tratou de mexer os pausinhos. O líder do governo na Ales entrou com uma emenda a um projeto de 2015, que permite que deputados retirem seus nomes da lista de apoio à instalação de uma CPI, mesmo depois de protocolada. A medida foi vista por alguns parlamentares, como “clara manobra do governo para barrar uma Comissão Parlamentar de Inquérito que ainda nem tinha vaga para começar a funcionar”, disseram interlocutores da Ales. Entre os dez deputados que assinaram a lista da CPI da Cesan, na tarde dessa quarta (05), três já sinalizavam a retirada das assinaturas.

Caça aos sonegadores
O delegado federal Márcio Anselmo, que assumiu como corregedor da Polícia Federal, vai começar sua atuação com uma investigação que deve causar desconforto na Receita Estadual. Isso porque enquanto o o governo do estado vem criando mecanismos para ajudar empresas devedoras do Fisco, como o Refis, em parceria com a Procuradoria da Fazenda Nacional, a operação vai investigar cerca de 60 empresas que devem aproximadamente R$ 9 bilhões à Receita Estadual. Márcio Anselmo foi um dos integrantes da Polícia Federal a dar início à primeira investigação da Operação Lava Jato

Encontro inusitado
Nessa quarta-feira (05), o deputado Josias Da Vitória, que anda disparando contra o governo desde o início da crise na segurança pública capixaba, recebeu quatro prefeitos em seu gabinete. Entre eles estava Gilson Daniel, de Viana, que teve que retirar a candidatura à presidência da Amunes, recentemente, graças a investidas do Palácio Anchieta. Da Vitória declarou que o encontro foi inusitado e que falaram sobre assuntos relacionados aos municípios representados. Além de Viana, estiveram no encontro, os prefeito de Água Doce do Norte, Sooretama e Conceição do Castelo.

Ministra no ES
Não é só Rose de Freitas que vai trazer ministros de Temer ao Espírito Santo no próximo dia 07. O senador Ricardo Ferraço tem compromisso na Serra, com presença da ministra dos Direitos Humanos Luislinda Valois. Na ocasião, serão entregues kits para Conselhos Tutelares do estado.

De volta à CMO
Falando em Rose de Freitas, a senadora do PMDB foi indicada pelo líder do partido no Senado, Renan Calheiros, para assumir a presidência da Comissão Mista de Orçamento (CMO). A eleição será na próxima terça-feira (11). Se for confirmado seu nome, na votação, será a segunda vez que Rose ocupará o cargo. A primeira foi em 2015.

Parceria
O vereador de Vitória, Davi Esmael conseguiu apoio do presidente da Ordem de Advogados do Brasil (OAB-ES), Homero Mafra para criação de uma vara especial para tratar casos de violência contra crianças e adolescentes. Além disso, Mafra se comprometeu em criar na OAB capixaba uma Comissão Especial dos Direitos da Criança e do Adolescente, para tratar do tema da maneira como precisa, com atenção aos vários problemas indicados pelo vereador na reunião. Hoje a apuração desses crimes é lenta e não consegue tratar a criança na sua individualidade. Não há acompanhamento psicológico. São apenas dois policiais para Vitória e dois para Vila Velha”, declarou Davi Esmael.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *