Theodorico Ferraço escolhe palanque e marca território para 2018

A presença cada vez mais frequente de Theodorico Ferraço em Cachoeiro de Itapemirim, vem se dando não só pelas visitas, mas, principalmente no poder de decisão dentro da prefeitura do município comandado por Victor Coelho (PSB). Um conhecido aliado de Ferraço, Luciano Machado, acaba de ser nomeado secretário de Obras de Cachoeiro, a “pedido” de Theodorico. A nomeação está causando reboliço entre lideranças cachoeirenses, isso porque Victor deixou claro, durante a campanha eleitoral, que não faria a velha política. Socialistas disseram à Coluna, que Ferraço “tem mandado e desmandado na prefeitura, com muitas nomeações em cargos importantes”.

Nepotismo em Itapemirim
O eleitor de Itapemirim não está com sorte. Depois de o prefeito Luciano de Paiva afastado do cargo, mais uma vez, por improbidade administrativa, agora é a vez de o interino dar o ar de sua graça. Thiago Peçanha, o Doutor Thiago (PSDB), que é vice-prefeito acaba de nomear dois irmãos em secretarias municipais. André Peçanha Lopes é o novo secretário de Projetos Especiais e Desenvolvimento Estratégico (André já ocupava cargo na prefeitura). Já Renildo Nascimento Peçanha assumiu como subsecretário de Meio Ambiente. As nomeações aconteceram no mesmo dia, 29 de maio. Nenhuma preocupação em despistar.

Novo PDU de Vitória
Moradores da Enseada do Suá já estão realizando abaixo-assinado para proibir novos órgãos públicos no bairro, sobretudo a migração do Fórum do Centro de Vitória para lá. Segundo o delegado do Plano Diretor Urbano (PDU) da Região 5, Armandinho Fontoura, é uma questão de bom senso. “A associação de moradores do Centro não quer que eles saiam e os moradores da Enseada não quer que eles venham. Então, não tem sentido a mudança”, disse Fontoura.

Gestão compartilhada?
Lideranças comunitárias da Região São Pedro reclamam que estão ficando de fora dos eventos da Prefeitura de Vitória.  Os líderes que procuraram a Coluna disseram que eles são simplesmente ignorados pela gestão municipal e não são convidados para nenhuma reunião, ordem de serviço ou entrega de obras na região. Ainda segundo as lideranças, quando conseguem marcar reuniões com os secretários municipais sem intermédio de alguém do grupo ligado ao prefeito Luciano Rezende, apontar ou solicitar melhorias, são desarticulados e surpreendidos com o cancelamento das agendas. Onde está a gestão compartilhada?

Um lado só
Em Vila Velha, o secretário Geral do DEM capixaba, Antônio Olímpio Magalhães, o Toninho Magalhães foi nomeado como assessor especial da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano. Toninho é conhecido por ser o braço direito político do ex-prefeito de Vila Velha e atual secretário estadual, Rodney Miranda (DEM).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *