Tucanos capixabas querem Aécio fora do Senado e do PSDB

Tucanos capixabas intensificaram a campanha pela saída do senador Aécio Neves do cargo. Para boa parte das lideranças do partido no Espírito Santo, Aécio tem usado o mandato para benefício próprio e, por isso, jamais terá o apoio dos verdadeiros tucanos. Há ainda os mais radicais, que pedem a expulsão de Aécio do PSDB.

Oposição?
Certo deputado que na última semana anunciou que iria entregar seus cargos ao governo Paulo Hartung para apoiar a senadora Rose de Freitas em 2018, estava todo sorridente na primeira fila em uma solenidade concorridíssima de inauguração em Vila Pavão, na última sexta-feira (23). Os sorrisos quando o governador se aproximava eram ainda maiores.

PH e a crise com servidores
Sempre enfático ao declarar que não há milagres na economia capixaba, mas, assinando ordens de serviço, dentre outras autorizações para investimentos e custeio de secretarias e autarquias, o governador Paulo Hartung deve enfrentar mais uma batalha com os servidores públicos. Após convidar representantes de sindicatos para uma reunião, e dizer que o reajuste anual dos vencimentos não vai acontecer, os trabalhadores já se mobilizam para paralisações para os dias 5, 14 e 21 de julho. Nas datas das manifestações paredistas os servidores vão fazer assembleias para definir o futuro da categoria.

Vidigal em Iúna
Ainda não se sabe como a Santa Casa de Iúna sobreviveu até agora, mas, o que se sabe é que nesse fim de semana o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT) visitou a Unidade para a qual destinou R$ 600 mil para a compra de 58 novos leitos e aparelhos para montar o centro de esterilização. Segundo os servidores, com isso, será feita uma economia anual de R$ 180 mil, que deixarão de ser gastos com esterilização. Vidigal saiu do evento satisfeito, ainda mais quando foi informado por um dos funcionários que ele é primeiro deputado a destinar recursos para a entidade.

CPI apura aplicação de multas em Vitória
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Máfia dos Guinchos, da Assembleia Legislativa (Ales) vai continuar debatendo o serviço de estacionamento rotativo na Grande Vitória. Há denúncias, segundo o colegiado, de que há possível incentivo para aplicação de multas. O próximo a prestar depoimento na CPI é o secretário municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória, Tyago Hoffmann. A reunião está marcada para as 11 horas desta segunda-feira (26).

Multas irregulares
Durante a reunião desta segunda, da CPI da Máfia dos Guinchos da Ales, o secretário Tyago Hoffmann deve esclarecer dúvidas sobre as reclamações de motoristas por multas de trânsito que seriam aplicadas de forma irregular. As denúncias, em toda Região Metropolitana, se referem principalmente à infração de uso de celular ao volante. A CPI tem apurado com as prefeituras as políticas de gestão das guardas, se há e como procede qualquer “incentivo” à aplicação de multas em cada cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *