Ministro do Planejamento lota solenidade em obra do novo aeroporto

A visita do ministro do Planejamento Dyogo de Oliveira reuniu muitas lideranças políticas, inclusive porque ocorreu em uma sexta-feira, quando quase nenhum dos políticos marca presença em seus gabinetes. Resultado: evento lotado. A exceção foi o governador Paulo Hartung (PMDB), que segundo a assessoria, estava em agenda em Ecoporanga.

DNA?
Max Filho (PSDB), prefeito de Vila Velha, passou a quinta-feira em Brasília, para apresentar aos parlamentares federais capixabas as demandas do Orçamento Participativo de todas as comunidades de Vila Velha. O tucano aproveitou para voltar ao Estado no mesmo voo da FAB que trouxe o ministro Dyogo de Oliveira. Quando teve oportunidade na solenidade, deixou uma frase para se pensar: “A maternidade do aeroporto é certeza, mas, a paternidade é uma questão de fé”, disse Max.

Outras lideranças
Os prefeitos Luciano Rezende (PPS), de Vitória e Juninho (PPS), de Cariacica se pronunciaram e agradeceram a senadora Rose de Freitas (PMDB) pelo empenho, que resultou no avanço das obras do novo aeroporto. Mas, vereadores, deputados estaduais, federais e militantes partidários também marcaram presença.

Afastamento
A vice-prefeita da Serra, Márcia Lamas teve o pedido de afastamento determinado pela Justiça. Márcia é acusada de cometer fraudes em contratos da Secretaria de Educação da Serra, quando comandou a pasta, entre os anos de 2009 e 2010, durante a gestão do então prefeito Sérgio Vidigal (PDT). A defesa de Márcia informou que ela não vai se manifestar agora. A prefeitura informou que assim que for notificada vai cumprir a determinação judicial. O pedido de bloqueio de bens de Márcia Lamas foi indeferido pela Justiça.

Outros citados
Outros dois citados na mesma ação que resultou no afastamento de Márcia Lamas, são o deputado estadual e filho de Márcia, Bruno Lamas (PSB), que teria sido flagrado em interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça, em conversas com a vice-prefeita e o empresário envolvido no suposto esquema de fraudes na Secretaria de Educação. O deputado federal Sérgio Vidigal também citado.

O outro lado
Por meio de sua assessoria, o deputado Sérgio Vidigal informou que não foi notificado da decisão e que após ser notificado serão apresentados os esclarecimentos, onde ficará claro que a referida ação sequer deverá ser recebida. “Vidigal não praticou nenhuma ação e nem qualquer omissão, o que torna sua inclusão na ação totalmente equivocada.

Nos últimos minutos 
O Governo do Estado anunciou o pagamento dos servidores do Poder Executivo Estadual para 31 de agosto. A Legislação determina que o pagamento aos trabalhadores do Estado seja realizado até o último dia útil de cada mês. Em agosto vai ser assim. Os servidores vão esperar até o último dia. Mas, vão voltar a receber o auxílio-alimentação, após anos sem o benefício. Vale citar, que segundo o Sindipúblicos, pelas perdas inflacionárias, o auxílio de R$ 220, deveria, na verdade ser de mais de R$ 800, para os servidores com carga horária de 40 horas semanais. Bem longe da realidade.

PMO de Viana
O prefeito de Viana, Gilson Daniel (Podemos) está feliz da vida com o seu Programa Municipal de Obras (PMO). Essa semana, a comunidade de Bom Pastor recebeu a pavimentação asfáltica da Rua Garcia Lorca. Além disso, Gilson comemora melhorias na iluminação da mesma rua e de outras duas vias. A semana também foi de lançamento do programa de governo “Cidade Linda é Cidade Limpa”. Um mutirão de limpeza mudou a cara do Bairro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *