Dia de homenagear a independência e engolir os sapos

Algumas lideranças políticas se manifestaram nas redes sociais em homenagem ao Dia da Independência. Os internautas e eleitores não deram trégua, mesmo quando o assunto é exclusivamente a homenagem. Foi o caso do senador Ricardo Ferraço (PSDB). Ricardo deu uma “passeada” pelo Hino Nacional Brasileiro: “Um gigante que nunca se acovardou diante das dificuldades e que mostra, diariamente, a sua força. Mesmo passando por tempos difíceis, não podemos perder o orgulho de dizer: sou capixaba e sou brasileiro”, escreveu Ferraço.

Deitado eternamente
Depois da declaração de Ricardo Ferraço, dentre tantos comentários de internautas, um demonstra ainda mais o sentimento do brasileiro com a classe política. “Discordo de você senador Ricardo Ferraço… Ultimamente os brasileiros têm se acovardado sim… O Brasil está sendo esmagado pela classe política e o povo brasileiro está deitado eternamente em berço esplêndido…” disse um internauta.

Apesar das dificuldades
O deputado federal Sérgio Vidigal (PDT) também fez uma declaração sobre o 7 de setembro. “Hoje celebramos 195 anos de independência do Brasil, momento que representou conquista histórica para o nosso povo. Apesar das dificuldades que enfrentamos, que hoje e a cada 7 de setembro, caminhemos unidos para lutar por um Brasil de mais direitos e oportunidades para todos”, disse Vidigal.

Pedalando e fotografando
Na terceira edição do Pedalaço da Independência, como de costume, em feriados e fins de semana, o prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS) pedalou com a família e no final do passeio, fez várias selfies com munícipes.

Inconformado
O senador Magno Malta (PR) está inconformado por não fazer parte de uma lista parcial de votação que vai eleger o melhor senador brasileiro. Malta, que não ficou nem entre os cinco, está convocando seus seguidores nas redes sociais a se manifestarem contra a lista que não tem seu nome e votarem nele, no site que vai entregar o prêmio. O Brasil tem discussões mais importantes que esse tipo de concorrência, nesse momento. Alguém pensa o contrário?

Reforço em investigação
A CPI dos Maus-Tratos Contra os Animais da Assembleia Legislativa (Ales) convocou para o dia 19 de setembro, o atirador do Tiro de Guerra de Cachoeiro de Itapemirim, que aparece em um vídeo, que viralizou na internet, chutando um gambá. A Comissão é presidida pela deputada Janete de Sá (PMN), que está indignada com as imagens que viu. “Não podemos compactuar com agressões covardes aos animais, por isso, independente da investigação do comando do Tiro de Guerra, nós vamos interrogar o agressor para apurar todos os detalhes desse caso e tomar as providências que forem cabíveis”, esclareceu a presidente da CPI, deputada Janete de Sá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *