Racha no PSL pode dividir apoio nas eleições

O partido vai receber R$ 199 milhões do Fundo Eleitoral, e fica atrás apenas do PT. Financeiramente, a sigla não tem o que reclamar. Mas, uma campanha não é feita só de dinheiro. Um partido forte também requer diálogo e alinhamento.

Mas..

Neste momento, não é o que se vê no Estado. O presidente da sigla no Espírito Santo, coronel Alexandre Quintino, está entre os apoiadores do governo Casagrande. O vereador de Vitória, Nathan Medeiros, ex-PSB, que migrou para o PSL, faz parte da base de apoio ao prefeito Luciano Rezende e é cotado para ser vice do deputado Fabrício Gandini (Cidadania), em Vitória.

Do outro lado

Estão os deputados estaduais Danilo Bahiense – que viu Amarildo Lovato (PSL) passar com um trator sobre sua intenção de disputar à prefeitura de Vila Velha – e Torino Marques. Os dois são muito mais próximos ao também deputado estadual Lorenzo Pazolini do que do próprio Quintino. Pazolini, vale lembrar, é pré-candidato à prefeitura de Vitória. Eis um partido rachado entre centro-esquerda e direita alinhada à Bolsonaro.

Crítica

Do vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara, deputado federal capixaba Evair de Melo (PP). “Tenho posição crítica, desde o início dessa pandemia, do modelo rígido e sem estratégia adotado nessa quarentena. Entramos atrasados e errados. Estamos colhendo os resultados dos equívocos. Morte de pessoas e desmanche econômico. Gente despreparada tomando decisão da nisso”.

Falando em apoio ao governo

A deputada federal Soraya Manato (PSL) saiu em defesa de Bolsonaro ao citar o avanço nas obras do Contorno do Mestre Álvaro, na Serra, que se arrasta há anos. “Graças ao Presidente a obra deslanchou. De promessas o mundo está cheio, quero ver cumpri-las”.

Seminário

O deputado estadual Marcelo Santos (Podemos) participa de seminário virtual, nesta segunda-feira, sobre alternativas e soluções para empresas em crise. O deputado vai abordar o papel do Legislativo. “Esta é uma grande oportunidade por parte dos empresários de se manterem informados e atualizados sobre assuntos que os ajudarão a superar esse período de crise”. Também participam do evento advogados, contadores e juízes.

Feriadão

Hoje é Dia de São Pedro, padroeiro dos pescadores e do município da
Serra. Neste ano, por conta da pandemia, as comemorações serão realizadas de forma virtual, pelas redes sociais da Paróquia São Pedro.

Convenções

O Tribunal Superior Eleitoral deve definir, nesta terça-feira, regras para as convenções partidárias por meio virtual. O relator é o presidente da Corte, Luís Roberto Barroso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *