Marcelo Santos deve caminhar com Euclério  

O deputado Marcelo Santos (Podemos) anunciou que não será pré-candidato à prefeitura de Cariacica. Em um vídeo de pouco mais de 4 minutos divulgado nas redes sociais, o deputado colocou fim às especulações. “Junto com minha família, colaboradores e amigos, decidi que não disputarei o cargo de prefeito da nossa cidade”.  

No vídeo 

Marcelo não enfatizou a desistência da pré-candidatura. Preferiu destacar o papel do legislativo, e como vai continuar ajudando os moradores de Cariacica. Após esse necessário período de isolamento social, teremos que enfrentar por mais alguns anos uma grave recessão econômica e a Alesmais uma vez, será o palco de decisões que serão essenciais para retomada da normalidade”. Talvez, o foco do deputado a partir de agora, seja o legislativo…e não só o estadual.  

Ales  

Não é segredo o destaque que Marcelo conquistou na Ales. É bem articulado, tem bom relacionamento com os parlamentares, é vice-presidente da Casa e presidente da Comissão de InfraestruturaArriscar tudo isso para buscar o sonho de comandar Cariacica, correndo o risco de perder e sair com a imagem arranhada? Ou, sustentar o bom momento na Casa, e, quem sabe, tentar o Congresso Federal daqui dois anos? Se essa é a intenção, não dá pra dizer por enquanto. O que se sabe até aqui, é que Marcelo adiou o sonho de ser prefeito de Cariacica, mais uma vez.  

Apoio 

Isso não quer dizer que ficará fora das eleições no município. “Mesmo não disputando a prefeitura, não vou me furtar de participar ativamente do processo eleitoral, apoiando um candidato que reúna qualidade necessárias para o enfrentamento do difícil momento político e econômico que estamos vivendo”, adiantou Marcelo.  

Euclério Sampaio 

Tudo indica que esse candidato será Euclério Sampaio (DEM). Euclério não confirmou, tampouco refutou a possibilidade. “Não quero passar os carros na frente dos bois. Eu prefiro que ele te diga”. Nas redes sociais foi um pouco mais claro. “Ter o Marcelo na Assembleia como parceiro vai ser muito bom para os próximos prefeitos. Sem contar que Euclério, caso eleito, seria uma santa ajuda para Marcelo conquistar uma vaga no Congresso, caso seja essa a intenção do vice-presidente da Ales.  

aí, Juninho?  

O prefeito Juninho (Cidadania) afirmou ainda não ter escolhido o candidato que irá apoiar. Afirmou que pode chegar ao primeiro turno sem candidato, inclusive. O atual prefeito aguarda as movimentações no tabuleiro eleitoral, já que nas próximas semanas alguns nomes devem sair do páreo com a consolidação de composições. Ele também aguarda a definição do nome apoiado pelo governador para não arranhar a relação com Casagrande no final do mandato.  

Pré-candidatos 

Sandro Locutor (Pros) apoiou a saída de Marcelo. “As palavras dele e a posição tomada por ele é de muita certeza”. Segundo informações de bastidores, Adilson Avelina (PSD) está avançando nas conversas. Célia Tavares (PT), Nilton Basilio (PDT), Saulo Andreon (PSB), Marcos Bruno (Rede), Celso Andreon (PSD) e Dr. Motta (DC) também seguem no páreo.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *