Candidatura é cassada por suspeita de uso de carro oficial para ganhar votos

A Justiça Eleitoral cassou, nesta segunda-feira (19), o registro de candidatura do atual prefeito e do vice de Alto Rio Novo, no Noroeste do Espírito Santo. Luiz Américo Borel (MDB) e o vice, Manoel “Pururuca” (MDB), tentam a reeleição.

De acordo com o Ministério Público Eleitoral (MPE), Borel teria cedido um veículo da prefeitura para realizar a mudança de endereço de um eleitor. Em troca, ganharia votos. A irregularidade foi registrada em fotos enviadas à Justiça Eleitoral e teria ocorrido no dia dois de outubro.

A sentença assinada pelo juiz eleitoral Adelino Augusto Pinheiro Pires, determina a cassação do registro de candidatura de Borel e “Pururuca”, além do pagamento de uma multa equivalente a R$ 577,85.

Veja quem são os candidatos à prefeitura de Alto Rio Novo.

A defesa

No processo, os advogados de defesa argumentaram que as fotos incluídas como provas são “frágeis”. Segundo a defesa, não há como garantir que as imagens foram tiradas no dia dois de outubro e atribui as provas como “fantasiosas”.

Próximos passos

Defesa: 3 dias para recorrer Foto: Arquivo/Divulgação

A defesa dos candidatos tem três dias para recorrer da decisão do juiz eleitoral no Tribunal Regional Eleitoral no Espírito Santo (TRE-ES), a segunda instância na Justiça Eleitoral.

O processo também seguirá para o promotor de Justiça de Alto Rio Novo que irá julgar o caso criminalmente. Os candidatos podem responder por improbidade administrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *