Análise: candidatos disputam voto de eleitores insatisfeitos em Aracruz

Analistas de política comentaram nesta quinta-feira (5), a segunda pesquisa eleitoral em Aracruz, no Norte do Espírito Santo. O programa Eleições 2020 teve transmissão no jornal online Folha VitóriaAssista na íntegra.

A pesquisa revelou que Dr. Coutinho (Cidadania) descolou de Alcântaro (PSD) e assumiu a liderança nas intenções de voto, com 11 pontos percentuais de vantagem. No primeiro levantamento, divulgado no dia 19 de outubro, os dois candidatos estavam tecnicamente empatados, dentro da margem de erro da pesquisa.

Na intenção estimulada, Dr. Coutinho aparece com 32,3%; Alcântaro com 21,5%; e em terceiro vem o atual prefeito Jones (Solidariedade), com 12,3%. Veja a pesquisa completa.

“Há uma consolidação da candidatura do Dr. Coutinho. Ele cresce percentualmente enquanto o adversário cai um pouco, dentro da margem de erro, o apontando como o candidato favorito a levar essa eleição”, afirma o sócio-diretor da Futura Inteligência, José Luiz Soares Orrico.

Programa foi ao ar nesta quinta-feira (5)

A comentarista de política Gabriela Cuzzuol, pondera sobre a má avaliação do atual prefeito, que está na terceira colocação nas intenções de voto, e como a questão o atrapalha na disputa.

“O prefeito Jones Cavalieri não está com avaliação positiva. Ele só tem 20% de bom e ótimo. Esse tipo de avaliação reverbera nas intenções de voto. O candidato Dr. Coutinho tem apoios muito consistentes. Me parece que o eleitor de Aracruz tem uma tendência conservadora e no momento não expressa a intenção de voto no atual prefeito, mas continua manifestando apoio a lideranças políticas já estabelecidas”, comenta.

O mestre em sociologia política Hudson Siqueira, analisa como o comando da máquina pública prejudica Jones. “Neste caso a máquina pública reflete de maneira negativa. Na intenção de voto estimulada o atual prefeito não cresce”, diz.

Orrico arrisca afirmar ser muito difícil para o atual prefeito mudar o cenário estabelecido na pesquisa. “Uma gestão com [quase] 65% de reprovação é difícil em dez dias mudar o cenário e ter alguma chance de se reeleger. Na pesquisa, quem mais cresce é o Dr. Coutinho, incorporando 8%. Alcântara também teve um aumento mas com menor solidez. A eleição caminha para uma consolidação e provável vitória de Dr. Coutinho no dia 15 de novembro”, afirma.

Na avaliação da atual gestão, 62,3% dos eleitores de Aracruz desaprovam a atual gestão, enquanto 26,3% aprovam e 11,5% não sabem ou não responderam à pesquisa.

“O eleitor de Aracruz é muito exigente. Nas últimas duas eleições os prefeitos não conseguiram se reeleger e os eleitores apostam mais no novo. Desta vez, ao que tudo aponta, o escolhido é Dr. Coutinho”, afirma Hudson Siqueira.

Para os próximos dias de campanha, Gabriela prevê um acirramento na busca por votos do eleitorado que desaprova o prefeito. “O que devemos ter nos próximos dias é a disputa pelos votos de eleitores que desaprovam a atual gestão em uma campanha bem polarizada em Aracruz”, afirma.

Rejeição

Quando os entrevistados foram perguntados em qual candidato não votariam em nenhuma hipótese, o atual prefeito Jones (SDD) tem 44,3% de rejeição. Alcântaro aparece em segundo com 18,8%, e Dr. Coutinho (Cidadania) tem 10,3%.

“O prefeito parece sem chance de disputar a reeleição. É díficil ele baixar a rejeição. Jones tem a máquina pública na mão e não está nem na segunda colocação nas intenções de voto. O caminho do prefeito é muito difícil”, afirma o sócio-diretor da Futura Inteligência, José Luiz Soares Orrico.

A comentarista de política Gabriela Cuzzuol, alerta para o início das campanhas negativas, o que ainda não foi constatado em Aracruz.

“A medida que o pleito eleitoral avança e a disputa se intensifica, há uma tradição em campanhas negativas. Há uma disputa de votos entre dois candidatos e eu vejo uma tendência para as campanhas seguirem por um viés negativo”, completa.

Assista a íntegra do programa Eleições 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *