Eleitores mais experientes apoiam prefeito de Guarapari

O atual prefeito de Guarapari, Edson Magalhães (PSDB), tem os eleitores de mais idade ao seu lado. Pelo menos é o que mostra a pesquisa Rede Vitória/Futura de intenção estimulada de voto no município. Segundo o cruzamento de dados relativo a faixa etária, 46,5% dos eleitores com 60 anos ou mais disseram que vão votar no atual prefeito. Ao mesmo tempo, 40% dos entrevistados na faixa entre 25 e 34 anos afirmaram que escolherão Carlos Von (Avante) no domingo.

Edson Magalhães também aparece na frente em todas as faixas do segmento classe social. Em todos os recortes, ele tem percentuais acima de 31% na preferência do eleitor. Entre os entrevistados com Ensino Superior, o prefeito também alcança um índice bem acima dos demais. Nada menos do que 41,3% dos eleitores desse recorte disseram que votam nele.

Na pesquisa espontânea, quando o entrevistado tem liberdade para responder o nome que lhe vem à cabeça, 48,8% dos eleitores com 60 anos ou mais afirmaram que vão votar em Edson Magalhães. E os números do prefeito vão ficando menores na medida em que a idade dos entrevistados diminui. Entre os entrevistados de 16 a 24 anos, por exemplo, 14,9% disseram que vão votar nele.

Ao lado dele, o prefeito também conta com o apoio dos eleitores de Ensino Fundamental. Nesse recorte, 40,6% dos entrevistados afirmaram que vão votar nele no próximo domingo (15).

Quando perguntados em quem não votariam em nenhuma hipótese, grande parte dos eleitores entre 16 e 24 anos, mais precisamente 46,8%, citaram o nome do atual prefeito. Edson Magalhães também tem índices de rejeição elevados entre os eleitores das classes A e B, já que 40,7% dos entrevistados desse segmento disseram que não votariam nele.

Entre os entrevistados com Ensino Superior, 41,3% também disseram que não votariam no prefeito em nenhuma hipótese.

A pesquisa foi realizada pela Futura para a Rede Vitória e contemplou 400 entrevistas, com margem de erro de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos e confiabilidade de 95%.As entrevistas foram realizadas no dia 11 de novembro de 2020, face a face com o eleitor, respeitando as determinações sanitárias das autoridades de saúde. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número ES-01992/2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *