Lava Jato: Presidente da UTC Engenharia pede para movimentar contas

Política

Lava Jato: Presidente da UTC Engenharia pede para movimentar contas

Redação Folha Vitória

Brasília - Integrantes da equipe de defesa do presidente da UTC, Ricardo Ribeiro Pessoa, apresentaram à Justiça Federal do Paraná petição para que o empresário e familiares possam ter livre uso de suas contas bancárias. Pessoa foi um dos donos de empreiteira preso na Operação Lava Jato. Por determinação do juiz Sérgio Moro, responsável pela condução dos processos na Justiça do Paraná, ele teve as contas bloqueadas em até R$ 20 milhões logo após ter sido deflagrada a operação da Polícia Federal.

De acordo com integrantes da equipe de advogados de Ricardo Ribeiro Pessoa, as instituições financeiras onde o empresário tem aplicações não só realizaram o bloqueio das contas correntes como "impediram o uso livre das contas bancárias". Na petição, os advogados alegam que na decisão tomada no ano passado, o juiz Sérgio Moro determinou "o bloqueio do saldo do dia constante nas contas ou nos investimentos".

"O que estamos pedindo é que se cumpra o despacho nos seus exatos termos. Pedimos para que seja cumprido o que o juiz Sérgio Moro determinou, "nada mais, nada menos" afirmou o advogado Alberto Zacharias Toron, um dos integrantes da equipe de defesa do empresário. Segundo Toron, a impossibilidade da utilização das contas bancárias, que tem como cotitular a esposa de Pessoa, Maria Lúcia Rodrigues Pessoa, tem trazido transtornos aos familiares.