• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Casagrande recebe embaixador da Tailândia para estreitar laços com País

Política

Casagrande recebe embaixador da Tailândia para estreitar laços com País

A reunião aconteceu no gabinete do governador, no Palácio Anchieta

Foto: Foto: Hélio Filho/Secom

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, recebeu, na quarta-feira (16), a comitiva do embaixador da Tailândia no Brasil, Surasak Suparat, para estreitar os laços comerciais entre o Estado e o país asiático. 

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Heber Resende, bem como a diplomata Phitchanan Panadamrong e o representante do Ministério do Comércio da Tailândia, Siwalak Nacabdee também participaram do encontro.

Segundo o governador, o Estado fará o levantamento de possibilidades de projetos a serem enviados à Embaixada da Tailândia, que fica em Brasília. “O embaixador está no Espírito Santo para estreitar laços comerciais e se mostrou muito disposto a ajudar o Estado em diversas áreas, uma delas o Turismo. Vamos fazer um levantamento de possibilidade de projetos, enviar à Embaixada, que repassará a investidores tailandeses. Antes de nos visitar, o embaixador esteve com o secretário Álvaro Duboc (Planejamento) e puderam conversar com mais detalhes”, informou.

A comitiva está no Estado para participar do seminário “Roadshow: Brasil e Tailândia”, que acontece na Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) e está sendo organizado pelo CIN – Centro Internacional de Negócios do Espírito Santo. O embaixador também se colocou à disposição para enviar duas cozinheiras para o curso de culinária do Sesc, com objetivo de incentivar a abertura de restaurantes da culinária tailandesa, que ainda não existem em solo capixaba.

Casagrande presenteou o embaixador com um livro que conta a história do Palácio Anchieta e recebeu em troca uma gravata de seda da Tailândia, considerada uma das melhores do mundo. Surasak Suparat também elogiou o café servido que, segundo ele, é “delicioso e muito famoso”.