• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Casagrande se reúne com Moro para debater 'superlotação' dos presídios no Espírito Santo

Política

Casagrande se reúne com Moro para debater 'superlotação' dos presídios no Espírito Santo

Estado tem superlotação de 8.678 presos, 62% a mais do que daria conta de receber nas penitenciárias estaduais

Andressa Balbi

Redação Folha Vitória
Foto: Andressa Balbi

O governador Renato Casagrande se reúne na próxima quarta-feira (9) com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em Brasília. Uma das pautas do encontro é para tratar da superlotação nas penitenciárias do Espírito Santo. 

O tema tem preocupado o governo, principalmente após a crise na segurança pública de Recife, em Pernambuco, por conta da atuação de facções que se organizam de dentro dos presídios.

Penitenciárias têm 62% a mais de presos 

Segundo informações da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), o Espírito Santo tem capacidade para uma população carcerária de 13.863 presos. No entanto, atualmente o número de presos é de 22.541, ou seja, há uma superlotação de 8.678 presos, equivalente a 62% a mais do que o Estado poderia dar conta de receber, o que poderia agravar a formação de facções.

Nesta terça (8), Casagrande recebe membros do Ministério Público do Espírito Santo (MPES), Tribunal de Justiça (TJES), Defensoria Pública da União, Defensoria Pública do ES, Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e Secretaria de Estado de Planejamento (Sep) para traçar um panorama do Estado que será debatido com o ministro Moro.

Além de Moro, Casagrande tem agenda marcada com outros quatros ministros: do Desenvolvimento Regional, Ricardo Rigodanzo Canuto; do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio; da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas; e do Tribunal de Contas da União (TCU), José Mucio Monteiro.