Ato da CUT em Brasília para defender a democraria reúne cerca de 500 pessoas

Política

Ato da CUT em Brasília para defender a democraria reúne cerca de 500 pessoas

Redação Folha Vitória

Brasília - Manifestantes chegaram à rodoviária de Brasília, na área central da capital federal, em ato convocado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) em defesa da democracia. A estimativa da Polícia Militar do Distrito Federal é que pelo menos 500 pessoas participam do ato.

A caminhada é pacífica e o trânsito não foi bloqueado. O efetivo da PM, entretanto, foi reforçado na região. No trajeto até a rodoviária, algumas pessoas contrárias ao ato foram às janelas dos prédios e gritaram frases como "fora Dilma" e "fora PT".

Também participam representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e da União Nacional dos Estudantes (UNE). Eles farão, em breve, uma panfletagem na rodoviária.

Um dos panfletos, distribuído pelo Partido da Causa Operária (PCO), sai em defesa dos direitos do trabalhador e contra "a direita golpista". Outro panfleto, assinado por várias entidades, inclusive a CUT, traz demandas como combate à corrupção, que os denunciados no caso Petrobras sejam investigados e agilidade na reforma política.