Gabrielli: crise na Petrobras pode comprometer um milhão de empregos

Política

Gabrielli: crise na Petrobras pode comprometer um milhão de empregos

Redação Folha Vitória

Brasília - Em depoimento à CPI da Petrobras, o ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli disse que a crise na empresa pode comprometer um milhão de empregos de subfornecedores. "Os subfornecedores da Petrobras podem não resistir e ser substituídos por empresas internacionais", apontou. Com esse cenário, disse, vive-se o risco de condenar a economia brasileira a "uma crise mais profunda".

Pela sexta vez no Congresso nos últimos anos, como lembrou, Gabrielli enfatizou que os processos de compra na estatal são gigantescos e não são individuais. Desta forma, segundo ele, a corrupção ocorre no ato de negociação entre algumas pessoas e em cima do lucro legítimo das empresas. "É impossível identificar esse comportamento internamente. Esse é um caso de polícia", comentou.

Questionado sobre o processo de escolha de diretores, ele explicou que isso é feito pelo Conselho Administrativo e que em 2005, quando chegou, os postos já estavam preenchidos. "No meu tempo, a discussão era de que precisávamos de perfis diferentes de diretores", relatou. Ele pontuou que todos os membros do conselho são de fora da estatal.