Líder do PT rechaça movimento da oposição para tirar acusados de CPI

Política

Líder do PT rechaça movimento da oposição para tirar acusados de CPI

Redação Folha Vitória

Brasília - Líder do PT na Câmara, o deputado Sibá Machado (AC) rechaçou o movimento de parlamentares da oposição que querem tirar da CPI da Petrobras, Conselho de Ética e CCJ os deputados que estão na lista do procurador Rodrigo Janot. "Essa é uma decisão de foro íntimo. Seria um prejulgamento tirá-los, já que não há uma acusação formal", disse o petista, na saída da reunião de líderes da Câmara.

Dos quatro indicados do PP para a CPI da Petrobras, dois - Lázaro Botelho (TO) e Sandes Júnior (GO) - respondem a inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) por envolvimento nos desvios da Petrobras.