Gilson Daniel fala sobre os seus projetos para Viana em 2017

Política

Gilson Daniel fala sobre os seus projetos para Viana em 2017

A partir desta segunda-feira, Viana ganhará uma atenção mais especial da equipe de reportagem do jornal on-line, que estará atenta a todos os acontecimentos mais importantes do município

Gilson Daniel agradeceu o Folha Vitória por dar mais atenção aos acontentecimentos da cidade de Viana Foto: Divulgação

Assim como ocorreu em Colatina, Anchieta, Linhares, São Mateus e Guarapari, o Folha Vitória acaba de ganhar o Folha Viana - novo membro da família Folha Cidades. 

A partir desta segunda-feira (27), Viana ganhará uma atenção mais especial da equipe de reportagem do jornal on-line, que estará atenta a todos os acontecimentos mais importantes do município da Grande Vitória.

Para marcar a estreia, o Folha conversou com o prefeito da cidade, Gilson Daniel (PV), que comenta sobre os seus principais projetos para 2017, o que tem sido feito para gerar emprego e renda no município, cortar despesas, atrair novos investimentos e que obras pode anunciar nos próximos meses.

Na entrevista, Gilson Daniel também fala sobre o processo de disputa da presidência da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), atualmente sob o comando do prefeito de Venda Nova do Imigrante, Dalton Perim (PMDB). Confira:

O Folha Viana estreia como uma ferramenta que pretende dar mais atenção ao que acontece na cidade. O que o senhor achou da iniciativa?

Estou muito feliz do Folha Vitória incluir a cidade de Viana. É importante para nós nos integrarmos ao cenário das grandes cidades. De forma especial, a Rede Vitória tem sido parceira da cidade neste momento de crescimento. Então somos gratos à toda rede, que dá voz aos nossos moradores. 

Quais ações o senhor já tomou em 2017 para redução de custos?

Nós fizemos algumas reduções de pessoal, de secretarias e números de cargos e mantivemos os projetos que estão gerando eficiência na prestação de serviço público como a limpeza, que é feito por internos da penitenciária. Outros municípios também já estão vindo aqui para levarem isso porque é uma economia muito grande. 

E para contribuir com a geração de emprego e renda em Viana, o que tem sido feito pela prefeitura?

Estamos inaugurando a agência de emprego, reforçando a qualificação profissional e deve sair em breve o primeiro edital de bolsas de ensino superior para pessoas de baixa renda. É um início de organização para poder fazer um grande governo. Inclusive já estamos contratando estagiários pela agência de emprego. 

Existem políticas em andamento para que empresas se instalem em Viana?

Temos lei de incetivo que atrai muitas empresas. Temos recebido grandes negócios, conversado com empresários e eles têm acreditado na cidade. Conseguimos mostrar a cidade para fora. Temos diversas empresas buscando a prefeitura pra aprovar seus projetos e empreender aqui. Não tenho dúvida de que daqui a 4 anos Viana já será uma nova cidade. Somos um dos municípios que mais cresceu em arrecadação com ICMS e praticamente dobramos a receita do IPTU.

A Prefeitura tem projetos em curso ou planejados para os próximos meses?

Lançamos o programar Gerar, de Emprego e Renda, e tem muita coisa para executar, pois o projeto é grande e envolve várias medidas. No projeto de regularização fundiária já entregamos quase 100 certificados. É um projeto prioritário. Temos ainda muita coisa agora para entregar. Vamos a entrega a UPA de Viana-Sede, o Centro de Qualificação Profissional que já está pronto e vamos dar acessibilidade à prefeitura de Viana.

Quais são as principais carências de Viana hoje?

Quando assumimos, a cidade não era planejada. Então com certeza vamos entregar uma cidade planejada e quem assumir vai saber onde quer chegar. Temos planos de regularização, resíduos sólidos, desenvolvimento municipal, plano diretor, entre outros, dos quais grande parte já foi executada. Queremos ainda entregar a pavimentação de ruas em bairros como El Dourado, Vale do Sol e Morada de Bethânia. Vamos ainda atuar muito forte para levar equipamentos de saúde e educação.

O que o cidadão de Viana deve esperar da administração municipal neste ano de 2017?

Vamos atuar com muita força nas áreas de saúde, avançar no atendimento médico, mas vamos atacar a regularização fundiária e a geração de emprego e renda. O município tem que dar a mão a quem está desempregado. Nosso programa de obras não vai parar.

E o processo de disputa da presidência da Amunes, como anda?

Tenho conversado com praticamente todos os prefeitos com relação à eleição. Temos grande apoio de prefeitos que têm nos ajudado. Já tivemos algumas reuniões e montamos um plano de trabalho para a Amunes para auxiliar os municípios e os prefeitos. A candidatura está colocada e estamos já organizando a chapa para que a gente possa registrar a chapa no período aberto pela comissão eleitoral.