Política

Deputada Lauriete se posiciona sobre polêmica envolvendo escola de samba

A deputada pediu que o Ministério Público Federal (MPF) tome providências em relação ao que chamou de intolerância religiosa

Foto: Reprodução

A escola de samba paulista, Gaviões da Fiel dividiu opiniões ao apresentar, na madrugada do último domingo (3), o samba-enredo 'A Saliva do Santo e o Veneno da Serpente', uma reedição do carnaval de 1994. A apresentação da escola aconteceu no segundo dia do desfile das escolas de samba de São Paulo.

Na comissão de frente da escola, uma cena de luta entre Jesus Cristo e o Diabo, chamou a atenção de muitas pessoas e fez com que religiosos se manifestassem em relação a apresentação. A deputada estadual Lauriete Rodrigues enviou uma nota à imprensa, repudiando a apresentação e se referiu a mesma como um "ataque ao povo religioso".

De acordo com a assessoria de imprensa da deputada, ela recebeu várias mensagens de repúdio sobre o ocorrido. “São cenas preconceituosas, afrontosas e de vilipêndio ao Sagrado para o povo cristão, que tem também meu repúdio”, disse.

A deputada pede ainda que o Ministério Público Federal (MPF) tome providências em relação ao que chamou de intolerância religiosa.


Pontos moeda