Eleição no Afeganistão terá 2º turno, aponta prévia

Política

Eleição no Afeganistão terá 2º turno, aponta prévia

Cabul - Os novos resultados preliminares das eleições presidenciais no Afeganistão reforçam a percepção de que haverá segundo turno entre o ex-chanceler Abdullah Abdullah e o ex-ministro de Finanças Ashraf Ghani Ahmadzai.

De acordo com os dados divulgados pelo presidente da Comissão Eleitoral Independente, Ahmad Yousuf Nouristani, neste sábado, Abdullah tem 44,9% dos votos, na frente de Ahmadzai, com 31,5%. Os números são similares aos anunciados na prévia anterior, há seis dias. A eleição ocorreu em 5 de abril, e a apuração deverá ser finalizada em 14 de maio, depois que denúncias de fraude forem investigadas.

A lei eleitoral exige a realização de segundo turno se nenhum candidato obtiver mais de 50% dos votos. A nova votação, se confirmada, ocorreria 15 dias após a divulgação final dos resultados.

O vencedor irá suceder Hamid Karzai, o único presidente que o país conheceu desde que a invasão liderada em 2001 pelos Estados Unidos afastou o Taleban. O novo líder enfrentará um período tenso logo no início de seu governo, visto que os EUA e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) devem retirar a maior parte de suas tropas do país até o final do ano. Fonte: Associated Press.