Eduardo Cunha diz condenar qualquer forma de regulação da mídia

Política

Eduardo Cunha diz condenar qualquer forma de regulação da mídia

Redação Folha Vitória

Brasília - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), reforçou, na manhã desta terça-feira, 28, durante abertura da sessão solene em homenagem ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, comemorado no dia 3 de maio, sua oposição a qualquer forma de regulação da mídia. "Nesta casa não admitiremos nenhuma forma de regulação da mídia, seja de conteúdo, seja econômica. Somos frontalmente contrários", disse.

O deputado federal Nelson Marchezan Júnior (PSDB-RS), autor de requerimento que resultou na sessão solene, avalia que a liberdade de jornalistas no País atinge um dos níveis mais baixos registrados na história recente. Citou como exemplo o fato de o Brasil ocupar a 99ª posição na lista feita pela organização Repórteres sem Fronteiras. "Seria de esperar que o governo tomasse medidas firmes, mas o que se vê é o contrário", afirmou. "Controlar a mídia é censura. É preciso permanecer atento a qualquer ameaça à liberdade, incluindo propostas de mudança na legislação", completou.