Olavo de Carvalho rebate Doria e diz que governador deveria 'estudar história'

Política

Olavo de Carvalho rebate Doria e diz que governador deveria 'estudar história'

Apesar de publicar que não iria "brigar com Doria", Olavo, que mora nos EUA, recomendou ao governador "estudar história para deixar de ser caipira"

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução

O escritor Olavo de Carvalho rebateu a declaração feita pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de que as opiniões de Olavo sobre o Brasil não são importantes "porque ele sequer vive aqui". A fala de Doria foi feita em entrevista à Folha de S.Paulo desta quarta-feira (03).

Apesar de publicar que não iria "brigar com Doria", Olavo, que mora nos EUA, recomendou ao governador "estudar história para deixar de ser caipira e tomar conhecimento do grande número de patriotas brasileiros que viveram no exterior", citando como exemplo o patrono da Independência José Bonifácio de Andrada e Silva e o líder abolicionista Joaquim Nabuco.

Olavo de Carvalho tem acumulado desgastes com integrantes do governo de Jair Bolsonaro e congressistas, motivados por suas críticas ásperas. Já foram alvos do escritor o núcleo militar do governo - especialmente o vice-presidente, Hamilton Mourão, e o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Alberto Santos Cruz -, alguns deputados federais do PSL e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), entre outros.