Presidente da CCJ da Câmara defende que mesa Diretora casse ato de Maranhão

Política

Presidente da CCJ da Câmara defende que mesa Diretora casse ato de Maranhão

Redação Folha Vitória

Brasília - O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), defendeu nesta segunda-feira, 9, que a Mesa Diretora casse o ato do presidente interino da Casa, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), que anulou a sessão em que a Câmara aprovou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

De acordo com Serraglio, Maranhão "invadiu" a competência exclusiva da Mesa Diretora ao decidir monocraticamente pela anulação da sessão. O presidente da CCJ afirma que o certo seria o deputado do PP ter submetido sua decisão aos outros integrantes da Mesa. "A Mesa pode se reunir extraordinariamente e cassar a decisão. Ele invadiu a competência da Mesa Diretora", afirmou.

O 1º secretário da Câmara, deputado Beto Mansur (PRB-SP), informou que a Mesa Diretora deve se reunir nesta terça-feira, 10, para tratar da decisão de Maranhão. Segundo ele, o objetivo do encontro é chamar Maranhão para discutir maneiras de ele revogar o ato. O parlamentar paulista disse que é preciso "convencer" Maranhão a seguir as regras da Casa.