Pesquisa Big Data: Casagrande lidera para governo do ES com 44%; Contarato e Manato têm 12%

Política

Pesquisa Big Data: Casagrande lidera para governo do ES com 44%; Contarato e Manato têm 12%

No levantamento do Instituto Real Time Big Data, divulgado nesta quarta-feira (25), o atual governador do Estado aparece com 44% das intenções de voto, seguido por Carlos Manato (PL) e Contarato (PT)

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Hélio Filho/Secom

O atual governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), lidera as intenções de voto na disputa pelo governo do Estado nas eleições 2022, segundo a pesquisa Real Time Big Data, encomendada pela Record TV.

No levantamento, divulgado nesta quarta-feira (25), Casagrande tem 44% das intenções de voto na pesquisa estimulada, quando há uma lista apresentada aos entrevistados. 

Em seguida, aparecem o ex-deputado federal Carlos Manato (PL) e o senador Fabiano Contarato (PT), ambos com 12¨%. 

A pesquisa mostra ainda que o ex-prefeito da Serra, Audifax Barcelos (Rede), tem 6% das intenções. O deputado federal Felipe Rigoni (União), o ex-vice-governador do Estado *Cesar Colnago (PSD) e o presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, Erick Musso (Republicanos), aparecem com 3% das intenções, enquanto o ex-secretário da Fazenda de Vitória, Aridelmo Teixeira (Novo), tem 1% dos votos. 

* Cesar Colnago (PSD) retirou candidatura ao Governo do Estado. Ele pretende disputar uma vaga no Senado. 

Casagrande lidera disputa em outros dois cenários

A pesquisa Real Time Big Data apresenta outro cenário estimulado, trocando Cesar Colnago pelo pré-candidato do PSD, Guerino Zanon. 

Os números são os seguintes: Renato Casagrande (43%), Carlos Manato (12%), Fabiano Contarato (11%), Audifax Barcelos (7%), Guerino Zanon (5%), Erick Musso (3%), Felipe Rigoni (2%) e Aridelmo Teixeira (1%).

No terceiro e último cenário estimulado, que exclui Fabiano Contarato e tem Cesar Colnago* pelo PSD, Renato Casagrande tem 50% das intenções de voto, Carlos Manato tem 12% e Audifax Barcelos 8%. 

Felipe Rigoni, Cesar Colnago e Erick Musso aparecem com 3% e Aridelmo Teixeira com 1%.

* Cesar Colnago (PSD) retirou candidatura ao Governo do Estado. Ele pretende disputar uma vaga no Senado. 

No levantamento espontâneo, em que não é apresentada uma lista de candidatos durante a pesquisa, Casagrande aparece com 21% das intenções. Carlos Manato (PL) e Fabiano Contarato (PT) vêm em seguida, com 4% e 3%, respectivamente.

Rejeição

Outro recorte da pesquisa aponta que Renato Casagrande aparece com 25% de rejeição, enquanto Carlos Manato e Fabiano Contarato têm 20%, Erick Musso tem 16%, Felipe Rigoni e César Colnago 15%, Guerino Zanon 14%, Audifax Barcelos 12% e Aridelmo Texeira 9%. 

A pesquisa quantitativa ouviu eleitores do Espírito Santo por telefone, colhendo 1.500 entrevistas em 23 e 24 de maio deste ano. 

O nível de confiança é de 95%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o código ES-01975/2022

Meneguelli lidera numericamente disputa pelo Senado

O ex-prefeito de Colatina, Sergio Meneguelli (Republicanos), lidera numericamente a disputa pelo Senado no Espírito Santo nas eleições 2022. Segundo a pesquisa Real Time Big Data, encomendada pela Record TV, ele, o ex-senador Magno Malta (PL) e a senadora Rose de Freitas (MDB), empatam tecnicamente.

A pesquisa mostra Meneguelli com 22% de intenções de voto, enquanto Malta tem 20%, e Rose de Freitas 16%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais e para menos.

O ex-secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, Coronel Ramalho (Podemos), aparece com 8% das intenções de voto, o deputado federal Da Vitória (PP) tem 7% e o deputado estadual Sérgio Majeski (PSDB), aparece com 5%.

Eleitores que votariam em branco ou nulo somam 12% na pesquisa. Já os que não sabem ou não responderam, representam 10%.

Apenas uma vaga, hoje ocupada pela senadora Rose de Freitas, está em disputa no Senado nas eleições 2022. Como o mandato de senador é de oito anos, os senadores Fabiano Contarato (PT) e Marcos do Val (Podemos) ainda continuam nos cargos até 2026. 

Saiba mais: Eleições 2022: Sergio Meneguelli lidera numericamente disputa pelo Senado no ES

Pontos moeda