• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chuvas e gripe cancelam viagens de Dilma a 2 cidades

Política

Chuvas e gripe cancelam viagens de Dilma a 2 cidades

Brasília - Por conta das fortes chuvas no interior de Santa Catarina e da gripe que a acometeu, a presidente Dilma Rousseff cancelou a viagem às cidades de Laguna e Concórdia, no Estado, que estavam previstas para amanhã. A viagem a Florianópolis e Porto Alegre está mantida. Lá a presidente entrega, amanhã, diplomas para formandos do Pronatec, faz anúncio de investimentos em obra de mobilidade urbana em Santa Catarina e participa da solenidade de assinatura de convênio para um hospital local.

Em Laguna, Dilma iria visitar a obra da Ponte Anita Garibaldi. O Planalto informou que no local chove muito e a previsão é de que as chuvas fortes persistam. Em Concórdia, o compromisso da presidente era de participação na cerimônia de aniversário de 70 anos da Sadia.

Segundo explicou o ministro Aloizio Mercadante mais cedo, a presidente Dilma tomou a vacina da gripe ontem e acabou contraindo a doença. Hoje, durante toda a reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Conselhão, ela estava com a voz falha, meio enrouquecida e tossiu algumas vezes.

Depois de Florianópolis, a presidente Dilma embarca para Porto Alegre onde, à noite, participa, ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Congresso Estadual do PT, no Rio Grande do Sul, às 19 horas. No sábado, Dilma tem duas agendas públicas a cumprir. Às 8h30, visita as obras do corredor da avenida Padre Cacique/ Beira Rio e acompanha a abertura ao tráfego do viaduto Pinheiro Borda. Às 11 horas, Dilma inaugura a empresa HT Microm, em São Leopoldo e, no final do dia, retorna para Brasília.