• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Obama brinca que usará camisa do Brasil apenas 'em casa, à noite'

Política

Obama brinca que usará camisa do Brasil apenas 'em casa, à noite'

Washington - Com bom humor, o presidente Barack Obama disse nesta terça-feira, 30, que não poderá usar em público o presente que recebeu de Dilma Rousseff: um moletom verde e amarelo com "Brasil" nas costas e "Obama" na frente. "Eu tenho que torcer para os EUA", justificou. "Mas em casa, à noite, é muito confortável. Então, quem sabe, eu talvez vista", disse, rindo.

Dilma respondeu com o convite para Obama assistir as Olimpíadas no Brasil no próximo ano. "Lá no Brasil ele pode usar o seu casaco amarelo escrito Brasil nas costas, e aqui na frente Obama, e será, inclusive, muito aplaudido nesse momento", sugeriu, provocando risos entre os jornalistas e ministros dos dois governos que assistiam à entrevista coletiva.

Obama lembrou a visita que fez ao Brasil em 2011 e disse que a recepção a Dilma é um agradecimento à "extraordinária hospitalidade" que a presidente e a população brasileira demonstraram a ele e sua família. "Eu quero voltar", exclamou Obama, lamentando o fato de que não ter visto o Carnaval nem assistido à Copa do Mundo.

"Os olhos do mundo estarão de novo sobre o Brasil quando o País receberá as Olimpíadas no próximo ano. E isso será mais uma recordação da marcante ascensão do Brasil, tanto em âmbito doméstico quando no palco mundial", ressaltou Obama.

A delegação americana na Copa do Mundo foi liderada pelo vice-presidente, Joe Biden, o principal interlocutor de Dilma no governo dos EUA. "Conto com a presença dele (Obama) nas Olimpíadas e também estendo o meu convite, é claro, para o vice-presidente. Mas eu sei que eles não podem estar os dois no mesmo lugar", disse Dilma.