Prioridade absoluta do governo nesta semana é votar desoneração, diz Padilha

Política

Prioridade absoluta do governo nesta semana é votar desoneração, diz Padilha

Redação Folha Vitória

Brasília - O ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta segunda, 22, que a "prioridade absoluta" do governo nesta semana é votar o projeto de lei que revê a política de desoneração da folha de pagamentos, mas reconheceu que o baixo quórum dos deputados por conta das festividades de São João pode prejudicar a votação. "É claro que não podemos ignorar o São João. A defecção que o São João possa ou não trazer nós só vamos conhecer na quarta-feira", disse, em coletiva após reunião de coordenação política no Palácio do Planalto. "Até lá, temos expectativa positiva de contarmos com o mesmo quórum e a mesma viabilidade de votação que nós tínhamos na semana passada".

Padilha, que atua como articulador político ao lado do vice-presidente Michel Temer, afirmou que a votação do projeto é importante, pois ela faz parte de uma "fase conclusiva do ajuste fiscal". "Estamos na fase conclusiva do ajuste e nossa pretensão é votar desoneração esta semana. O presidente Eduardo Cunha nos sinalizou de que será possível, incluiu na pauta, estará na pauta quarta e quinta e a nossa pretensão é ver se conseguimos sair desta primeira fase do ajuste votando a desoneração", reforçou.

Sem quórum

Atendendo a um pedido da bancada do Nordeste, Cunha anunciou na semana passada que não dará falta aos parlamentares da região nesta terça, 23, para que eles possam comparecer aos tradicionais festejos de São João. Os representantes desses Estados somam 151 dos 513 deputados da Câmara. O Nordeste é também a região com maior apoio ao governo petista.

Deputados do próprio PT e auxiliares do Palácio do Planalto ouvidos pelo Broadcast Político, serviço em tempo real da Agência Estado, acreditam que não haverá presença suficiente de parlamentares em plenário para fazer valer os interesses do governo.