Quatro anos de atraso: Em visita ao ES, Bolsonaro promete recursos para obras do Contorno do Mestre Álvaro

Política

Quatro anos de atraso: Em visita ao ES, Bolsonaro promete recursos para obras do Contorno do Mestre Álvaro

Parte da bancada capixaba no Congresso Federal que integrou a comitiva de Bolsonaro durante a passagem do presidente pelo Estado, nessa sexta-feira (11), cobrou mais recursos para a finalização dos trabalhos

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro prometeu mais recursos para a finalização das obras do Contorno do Mestre Álvaro, que vai ligar os municípios da Serra e de Cariacica. Parte da bancada capixaba no Congresso Federal que integrou a comitiva de Bolsonaro durante a passagem do presidente pelo Estado, nessa sexta-feira (11), cobrou mais recursos para a finalização dos trabalhos. 

Sem dizer nada sobre a obra, Bolsonaro passou a palavra para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes. “E aí, ministro, está safo?”, perguntou o presidente. “Acho que no próximo PLN nós vamos conseguir colocar mais dinheiro. São duas obras que estão andando muito bem”, disse o ministro, referindo-se também às obras da BR 447.

Dentre as emendas de bancada destinadas pelos parlamentares capixabas no Congresso, estão previstos R$ 56 milhões para o Contorno, neste ano. A expectativa é de que a obra fique pronta em 2022.

O Contorno do Mestre Álvaro contempla 19,7 quilômetros em pista duplicada, com canteiro central. As desapropriações e serviço de terraplanagem estão concluídos. Atualmente, as obras avançam com a construção dos sete viadutos e das fundações das vias elevadas. O custo da nova rodovia, que fará o contorno da BR 101, é estimado em R$ 290 milhões.

Quatro anos de atraso

Com promessas desde 2008, o Contorno do Mestre Álvaro teve seu contrato assinado em 2014. O prazo para a conclusão era 2017. Porém, em função de atrasos sucessivos, principalmente por causa de desapropriações, pendências no Tribunal de Contas da União e atrasos em licenciamento ambiental, os trabalhos só começaram em maio de 2019, após a assinatura da ordem de serviço pelo governador Renato Casagrande (PSB). 

“Essa obra é fundamental para diminuir o tempo de viagem para quem precisa ir e vir da Grande Vitória para o Norte do Estado. É uma obra para o Brasil, para os capixabas e principalmente para a Serra, que terá a cidade de volta", afirmou na época o governador. 

Contorno do Mestre ´Álvaro vai melhorar mobilidade 

Foto: Reprodução TV Vitória

O projeto vai melhorar o trânsito na Região Metropolitana de Vitória, especialmente na BR 101, no trecho entre Carapina e Laranjeiras, na Serra. Diariamente, mais de 50 mil veículos transitam pela BR 101. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trecho entre Laranjeiras e Carapina está entre os mais perigosos do Espírito Santo. 

A expectativa é de que pelo menos 15 mil veículos, a maioria caminhões e ônibus, deixem de utilizar esse trecho da rodovia, melhorando a fluidez do tráfego.