Ato contra Eduardo Cunha reúne 40 pessoas no centro do Rio

Política

Ato contra Eduardo Cunha reúne 40 pessoas no centro do Rio

O grupo planejava acionar buzinas de gás a partir das 20h30, quando estava previsto para começar o discurso de Cunha em cadeia de rádio e TV

Redação Folha Vitória
Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha  Foto: Divulgação

Rio - Ato convocado contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para a noite desta sexta-feira, 17, no centro do Rio de Janeiro reuniu cerca de 40 pessoas, em frente à Câmara Municipal do Rio. Com apoio de um carro de som, sindicalistas criticaram as manobras políticas adotadas por Cunha para aprovar a redução da maioridade penal e outras medidas polêmicas.

A manifestação foi marcada pela Central Única dos Trabalhadores. Cunha representa um retrocesso e a continuidade da corrupção no País", afirmou o universitário Renato Pereira, que cursa História na UFRJ e discursou durante o ato. O grupo planejava acionar buzinas de gás a partir das 20h30, quando estava previsto para começar o discurso de Cunha em cadeia de rádio e TV.

Outro ato convocado pelo Facebook para a Igreja da Candelária não reuniu público.