Freire quer intervenção de força democrática contra Dilma

Política

Freire quer intervenção de força democrática contra Dilma

Redação Folha Vitória

Brasília - Ao participar da convenção nacional do PSDB, o presidente do PPS, deputado Roberto Freire (SP), defendeu neste domingo, dia 5, uma "intervenção das forças democráticas" para tirar a presidente Dilma Rousseff do poder. "Já não se fala mais em governo, se fala de pós-Dilma", afirmou.

Segundo Freire, a melhor alternativa seria a convocação de novas eleições após a cassação do mandato da presidente pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas ele afirmou que o Congresso tem que estar preparado para analisar um processo de impeachment, caso o Tribunal de Contas da União (TCU) rejeite as contas do governo.

Apesar de ter apoiado o PSB na campanha presidencial do ano passado, Freire afirmou que o "PSDB, como maior partido de oposição, tem que estar preparado para qualquer das alternativas".

PTB

Lideranças de outros partidos aliados do PSDB também fizeram discurso neste domingo. A presidente do PTB, deputada Cristiane Brasil (RJ), fez duras críticas ao PT. Ela acusou o partido de "privatizar o dinheiro público" e disse que a única coisa boa de Aécio não ter ganhado a eleição era ver o "PT na lama".

Cristiane é filha do ex-deputado Roberto Jefferson, delator do mensalão, que atualmente cumpre prisão domiciliar por conta do julgamento do caso.