• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Secretários de Administração do ES vão se reunir para discutir melhorias na gestão

Política

Secretários de Administração do ES vão se reunir para discutir melhorias na gestão

Um estudo aponta que a capital capixaba é a 15ª melhor do país no quesito gestão pública. Em relação aos gastos, Marataízes ocupa o primeiro lugar no ranking

Secretários Municipais de Administração do Espírito Santo vão se reunir para discutir melhorias na gestão de seus municípios. O encontro, que acontecerá em razão do Fórum Estadual de Secretarias de Administração do Estado do Espírito Santo (Fesmad), contará com a apresentação inédita do Índice de Governança Municipal (IGM) criado pelo Conselho Federal de Administração (CFA) para qualificar o grau de assertividade das políticas públicas praticadas pelas prefeituras de todo o Brasil. O evento será realizado na próxima quinta-feira (13), a partir das 9 horas, no Bourbon Vitória Residence Hotel, na Praia de Camburi.

O índice avaliou os municípios brasileiros e é possível fazer um recorte da situação do Espírito Santo. A capital Vitória, por exemplo, ocupa o 15º lugar do país no quesito melhor nota na gestão pública. “Nosso objetivo, nesse primeiro momento, é apresentar os dados aos representantes dos municípios, criando um espaço para compartilhamento dos pontos fortes e oportunidades de melhoria. Em segunda instância, pretendemos construir junto com os gestores municipais alternativas para qualificar a administração”, explicou Manoel Carlos Rocha Lima, vice-presidente no Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES), autarquia que responde pelo IGM no Estado e também um dos criadores do Fesmad.

O Índice de Governança Municipal reuniu dados disponibilizados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Foram consideradas informações de áreas como saúde, educação, planejamento urbano, gestão fiscal, habitação, recursos humanos e etc. “Os dados pretendem auxiliar os prefeitos e os secretários na hora de fazer o planejamento estratégico, tornando-se um referencial”, informou Manoel Carlos.

Durante o fórum a apresentação dos dados do IGM será conduzida pela administradora e Conselheira Federal pelo CRA do Rio Grande do Norte, Ione Macedo de Medeiros Salem; e também pelo administrador Rodrigo Neves Moura. Ambos são integrantes da Câmara de Gestão Pública do CFA, em Brasília.

Dados do Espírito Santo

No recorte do Espírito Santo, quanto aos gastos e finanças públicas, Marataízes ficou em primeiro lugar como município capixaba com a melhor nota. Em seguida, vem Aracruz, Piúma, Vitória e Mucurici.

Na qualidade da gestão a capital ocupou o primeiro lugar e foi seguida por Viana, Piúma, Aracruz e São José dos Calçados. No recorte do desempenho, Vitória obteve novamente a melhor nota e Anchieta ficou com o segundo lugar vindo, logo atrás, Bom Jesus do Norte, Marechal Floriano e Linhares.