• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Novo vídeo mostra momento exato da queda do avião com Eduardo Campos

Política

Novo vídeo mostra momento exato da queda do avião com Eduardo Campos

As imagens foram gravadas pelas câmeras de segurança de um edifício em construção, próximo ao local da tragédia. No vídeo, é possível observar que a aeronave cai rapidamente

Vídeo divulgado na web mostra o exato momento em que o jato colide com o prédio Foto: Reprodução/YouTube

Um novo vídeo está circulando na internet, e mostra o momento exato da queda do avião em que estava o ex- candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, e outras seis pessoas. O acidente foi registrado no dia 13 deste mês, em São Paulo.

As imagens foram gravadas pelas câmeras de segurança de um edifício em construção, próximo ao local da tragédia.

No vídeo, com 2´25´´ de duração,  é possível observar que a aeronave caiu rapidamente. Logo em seguida, uma grande nuvem de fumaça surge atrás de um prédio.

Câmeras de loja registram explosão

No mesmo dia do acidente, o programa Cidade Alerta Nacional, da Rede Record, exibiu imagens gravadas pelo circuito de monitoramento de uma loja, que flagrou o momento da explosão da aeronave. Na ocasião do acidente, Campos seguia para um compromisso de campanha.

O acidente

Todas as pessoas que estavam dentro do jato morreram na hora Foto: Reprodução/Facebook/Tassio Ricardo

O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, morreu em um acidente de avião em Santos, na manhã do último dia 13. A confirmação inicial foi do deputado federal Walter Feldman (PSB-SP). Posteriormente, órgãos oficiais se manifestaram com a mesma informação. Assessores técnicos de campanha também estavam na aeronave e ninguém sobreviveu.

Aeronave estava regular

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a aeronave que transportava Eduardo Campos estava em situação regular. De acordo com o órgão regulador, o jato Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, pertencia à Cessna Finance Corporation e estava com toda a documentação em dia.

Políticos capixabas prestam pesar

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), utilizou seu perfil no Facebook para lamentar a morte de Eduardo Campos. Em seu comentário, o socialista disse que está sem palavras para falar da perda do companheiro de partido. “Sem palavras para falar da imensa perda que sofremos. Vá em paz, Eduardo! Ficamos com a memória de sua amizade e de seus exemplos”, frisou.

O porta-voz da Rede Sustentabilidade no ES, Gustavo De Biase, lamentou a morte do candidato à Presidência da República. Muito triste, Gustavo disse que foi “tomado de grande surpresa e que o momento é para lamentar esta grande perda”.

O deputado federal Paulo Foletto (PSB) afirmou que foi uma grande perda para a política. “Agora vamos dar apoio à família de Campos. Um jovem com cinco filhos. Nesse momento de luto, o Brasil perde um político de futuro. O sofrimento partidário é imenso”, disse.

O ex-prefeito de Vila Velha, Neucimar Fraga, destacou o futuro de Campos na política. "O Eduardo e a Marina eram uma grande dupla, tinham grande compromisso com a nação. O Nordeste do país está chorando, o Brasil está chorando”.

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), lamentou a morte de Campos, e preferiu não comentar possíveis mudanças no cenário político. “Nesse momento eu estou absolutamente chocado e triste com a morte de Eduardo Campos. Dentro do PPS, nos últimos meses, e todos acompanharam, fui uma das pessoas que mais defendeu a coligação com Eduardo, justamente por entender que era um líder jovem, bom gestor. Acredito que era a possibilidade de renovação na política brasileira”, disse.

Repercussão internacional

A rede de TV americana CNN noticiou o acidente que terminou na morte de Campos Foto: Reprodução/CNN

A notícia da morte trágica do candidato à Presidência do Brasil, Eduardo Campos, é destaque na imprensa norte-americana nesta quarta-feira (13), no noticiário das redes de televisão e na internet. "Morre proeminente figura política do Brasil e candidato à Presidência", destacou a CNN em sua página para os Estados Unidos.

O jornal The Wall Street Journal também destacou a notícia em sua página na internet, citando que o mau tempo provocou a queda da aeronave e que a candidata à vice de Campos, Marina Silva, não estava no avião.

Sem sobreviventes

Além do candidato à presidência pelo PSB, Eduardo Campos, também morreram no acidente aéreo em Santos: Pedro Valadares Neto, ex-deputado e assessor particular do candidato; Carlos Augusto Percol Filho, assessor de imprensa; Marcelo de Lyra, cinegrafista, e Alexandre Gomes e Silva, fotógrafo. Os pilotos da aeronave Geraldo da Cunha e Marcos Martins também faleceram.