Líder do PT elogia postura de Renan, mas diz que há questões 'inegociáveis'

Política

Líder do PT elogia postura de Renan, mas diz que há questões 'inegociáveis'

Redação Folha Vitória

Brasília - O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), elogiou a postura do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), de apresentar propostas para estimular o País voltar a crescer, mas afirmou que há questões que são inegociáveis para o PT.

"Foi uma boa iniciativa, muito melhor do que se o Senado estivesse aqui discutindo interesses corporativos ou pautas-bomba, mas obviamente que há pontos que não são negociáveis", disse o líder petista, em uma crítica à pauta que vem sendo adotada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Como pontos inegociáveis, o petista citou como exemplo a proposta de passar a cobrar por serviços do SUS, a simplificação dos processos de licenciamento ambiental e o debate que envolve a propriedade de terras indígenas.

Segundo Costa, se as discussões sobre esses temas avançarem, vai acontecer uma "divisão política" que é "natural" dentro do parlamento.

A agenda apresentada por Renan na segunda-feira tem, por enquanto, 27 itens. Mais cedo, o presidente do Senado afirmou que ainda iria acrescentar outras propostas ao documento.