• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Obras do Porto de Vitória serão concluídas em março de 2016, diz ministro

Política

Obras do Porto de Vitória serão concluídas em março de 2016, diz ministro

Ele garantiu ainda que as obras, que custarão R$ 128 milhões, e ficarão prontas no início de 2016. Com as mudança, a profundidade do porto passa de 11 metros para 14 metros

Anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira Foto: Frederico Loureiro / Secom

O ministro de Portos, Edinho Araújo, disse nesta sexta-feira (7) que as  obras de dragagem (retirada de sedimentos) e derrocagem (retirada de pedras e rochas) do Porto de Vitória  serão concluídas no primeiro trimestre de 2016, mesmo com os cortes impostos no ajuste fiscal. O custo total da intervenção vai ser de R$ 128 milhões.

Segundo o ministro, a partir da próxima semana as obras serão retomadas. Com as obras, a profundidade do porto será ampliada, com isso, os navios poderão sair e chegar ao porto transportando mais carga que a capacidade atual. A primeira intervenção aconteceu no mês de maio de 2012, quando a conclusão estava prevista para dezembro de 2013.

Araújo lembrou ainda que o aumento da profundidade do porto passará de 11 metros para 14 metros. “ Essa retomada das obras é estrutural. É também muito importante para o Espírito Santo e para o Brasil. Essa ação vai possibilitar novos empregos e facilidade para investimento”, afirmou. 

As obras serão realizadas ao longo do canal de acesso, na bacia de evolução e nos berços de atracação do Porto de Vitória. Após a coletiva, realizada no Palácio Anchieta, em Vitória, o ministro seguiu para as instalações de Portocel, em Barra do Riacho, Aracruz. A ideia do encontro é discutir o funcionamento dos portos capixabas, colher informações sobre as obras de drenagem do porto de Vitória e, principalmente, acompanhar a alteração na poligonal Barra do Riacho - porto público que abriga terminais privados.

Canal Portuário em números

- Canal de Acesso
Comprimento: 7.500 m
Largura Máxima: 215 m
Largura Mínima: 75 m
Maré Média: 1,04 m
Calado Máximo: 10,5 m
Navio: Tipo Panamax 

- Bacia de Evolução
Raio: 150 m
Calado: 10,50 m

Terminais de carga no Sul

Durante a coletiva, o governador Paulo Hartung (PMDB) informou que o Ministério dos Portos autorizou a construção de Terminais Portuários de uso Privado na Região Sul do Estado. “É uma região que precisamos dinamizar a economia. São dois terminais, sendo um da Edison Chouest e outro da Itaoca Offshore. Estamos vivenciando um período desafiador em nosso país, e para o nosso Estado estas medidas anunciadas são de muita valia e importantes para que o Espírito Santo avance e ajude o Brasil a crescer, gerando renda e oportunidades”, avaliou o governador.