Fórum Estadão tem tentativa de tomataço e ato contra Gilmar

Política

Fórum Estadão tem tentativa de tomataço e ato contra Gilmar

Redação Folha Vitória

São Paulo - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, foi alvo de protestos na manhã desta segunda-feira, 21, durante o "Fórum Estadão: A Reforma Política em Debate", realizado pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

Os manifestantes vaiaram partes da apresentação do ministro e levaram cartazes com faixas contra a atuação do magistrado. Antes do início do evento, um representante do movimento 'Tomataço' (que como o próprio nome indica usa o ataque de tomates como forma de protesto), Ricardo Rocchi, foi retirado do auditório pela organização. Ele estava com um sacola plástica com tomates podres.

Rocchi, que se identificou como empresário e inventor, confirmou que o seu objetivo era atirar os tomates em Gilmar. "Já joguei tomates no carro do Gilmar e na faculdade dele também. Fiquei quietinho aqui no meu canto esperando minha chance de jogar alguns tomates podres nele, mas me reconheceram", lamentou.

Já do lado de fora do auditório, Rocchi disse, espremendo os tomates com as mãos, que Gilmar Mendes "é um inimigo da Lava Jato, a maior operação contra corrupção já feita no País".

Durante a participação do ministro, um grupo de 10 pessoas ensaiou uma vaia. Parte dos manifestantes usou narizes de palhaço em protesto contra Gilmar. Outros seguravam cartazes sugerindo o impeachment do ministro e gritavam palavras de ordem como "Fora, Gilmar" e "Vergonha".