• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sexo, cor e idade: deputados e senadores do ES 'representam' o perfil da população capixaba?

  • COMPARTILHE
Política

Sexo, cor e idade: deputados e senadores do ES 'representam' o perfil da população capixaba?

Para chegar a essa resposta, o Folha Vitória usou dados referentes a sexo, cor e faixa etária dos parlamentares e os comparou com os da população do Estado

Rodrigo Araújo

Redação Folha Vitória
Deputados e senadores do ES têm perfis diferentes do da população capixaba | Foto: Reprodução

Deputados estaduais, deputados federais e senadores são eleitos para representar, na Assembleia Legislativa e no Congresso Nacional, os interesses do povo e de seu Estado. Mas será que o perfil desses parlamentares é semelhante ao do povo capixaba?

Para chegar a essa resposta, o jornal Online Folha Vitória comparou os dados referentes a sexo, cor e faixa etária dos deputados estaduais e dos representantes do Espírito Santo no Congresso Nacional (deputados federais e senadores) com os da população capixaba.

No Espírito Santo, de acordo com dados do último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a proporção de homens e mulheres é muito próxima, porém a quantidade de mulheres é um pouco maior - 50,7% contra 49,3%. No entanto, esse equilíbrio passa longe quando se fala da proporção de homens e mulheres, tanto na Assembleia Legislativa do Estado (Ales) quanto no Congresso Nacional.

Na sede do legislativo estadual, dos 30 deputados, 83,3% são do sexo masculino (25 no total), enquanto apenas 16,7% são do feminino - público representado pelas deputadas Cláudia Lemos, Eliana Dadalto, Janete de Sá, Luzia Toledo e Raquel Lessa.

Já no Congresso, a diferença é ainda maior: 84,6% dos parlamentares são homens e 15,4% mulheres. Entre os dez deputados federais do Espírito Santo, apenas Norma Ayub é do sexo feminino. Já no Senado, Rose de Freitas é a representante das mulheres entre os três senadores do Estado.

Cor

Com relação à cor, o IBGE apontou que 48,6% dos capixabas se declararam pardos, enquanto 42,2% são de cor branca, 8,3% preta, 0,6% amarela e 0,3% são indígenas. No entanto, a proporção de parlamentares brancos é bem maior na Assembleia Legislativa e, principalmente, no Congresso Nacional.

Na Assembleia, 60% dos deputados se declararam de cor branca e apenas 33,4% disseram ser pardos. Além disso, um deputado se declarou preto (Marcos Mansur) e um indígena (José Carlos Nunes), o que representa 3,3% do total, cada um.

Já entre os deputados federais e senadores do Espírito Santo, 10 dos 13 parlamentares se declararam brancos, o que representa 76,9% do total. Outros dois parlamentares (Dr. Jorge Silva e Magno Malta) disseram ser pretos (o que equivale a 15,4%) e apenas Sérgio Vidigal se declarou pardo (7,7% do total).

Faixa etária

O Censo 2010 do IBGE apontou ainda que a faixa etária predominante na população capixaba é a que vai dos 20 aos 29 anos - o que corresponde a 9,2% da população. No entanto, nenhum parlamentar está nessa faixa etária.

Na Ales, a maioria dos deputados tem entre 50 e 54 anos - sete no total, o que corresponde a 23,3%. Essa faixa etária representa apenas 2,8% dos habitantes do Espírito Santo. O deputado mais jovem é Erick Musso, com 31 anos, e o mais velho, Theodorico Ferraço, com 80.

Já entre os representantes do Espírito Santo no Congresso Nacional, a maioria possui entre 60 e 64 anos. Ao todo, seis parlamentares estão nessa faixa etária, o que corresponde a 46,1% - entre a população capixaba, somente 1,65% estão nessa faixa. O mais jovem representante do Estado no Congresso é o deputado Evair de Melo, com 46 anos, e a mais velha é a senadora Rose de Freitas, de 69 anos.

Veja no infográfico a comparação entre os perfis dos parlamentares e da população do Espírito Santo: